Passos Coelho esteve à conversa antes de se lançar ao PSD profundo

O ex-Primeiro-Ministro, Pedro Passos Coelho esteve hoje à conversa com jornalistas na sede do Partido Social Democrata antes de iniciar a campanha interna às directas do PSD, onde vai visitar todos os distritos do país, bem como visitar algumas instituições e estruturas da sociedade civil. Para já, Passos Coelho garante não ter pressa de voltar a ser Primeiro-Ministro.

Pedro Passos CoelhoO líder do PSD que será candidato único às directas do partido, explicou o seu novo posicionamento, dizendo até que “nas medidas de austeridade a social-democracia esteve sempre presente”, justificando assim que não tenha de se “reinventar”. Outra das ideias centrais é de que Passos Coelho não é o “politico dos resgates” e que pode ser também de crescimento.

Ainda assim o “sucesso” do passado está sempre presente no discurso de Passos Coelho, que repete o chavão de que foi feito “o que tinha que ser feito” e garante que continuará a ser um “referencial de estabilidade”, não querendo provocar a queda do governo de António Costa, deixando a entender, segundo o Expresso que defende o cumprimento integral desta legislatura por parte de António Costa.

Apesar de não ter pressa em recuperar o lugar em São Bento, Passos Coelho diz estar “preparado para voltar a ser primeiro-ministro. Um candidato ao PSD é sempre um candidato a primeiro-ministro”, sublinha. O agora candidato à liderança do partido diz ainda que o PSD não fará oposição de “bota-abaixo” e que manterá um papel construtivo.

Descomplicador:

Pedro Passos Coelho conversou hoje com os jornalistas antes de apresentar oficialmente a sua candidatura à liderança do PSD. “Social-Democracia sempre” é o slogan da sua campanha, onde garante não ter pressa para chegar a Primeiro-Ministro, mas onde diz estar “sempre disponível para tal”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *