1-1. Passos Coelho responde à entrevista de António Costa e pede “decoro”

A entrevista a António Costa publicada hoje pelo semanário Expresso não demorou a ter reposta por parte do ex-Primeiro-Ministro, Pedro Passos Coelho. O líder socialista disse estar a “dar tempo para a direita fazer o luto” para poder iniciar um novo ciclo de diálogo. Passos Coelho não tardou a responder e pediu “decoro” ao Primeiro-Ministro relembrando que os seus acordos são com a esquerda.

Pedro Passos CoelhoO líder do Partido Social Democrata, hoje em campanha para as eleições internas em Portalegre, pediu “decoro” a António Costa questionando ainda se o seu programa eleitoral é “reverter tudo aquilo que o meu governo fez?”. Passos Coelho espera que António Costa não peça o apoio do PSD “para combater as nossas ideias e desfazer as reformas que nós fizemos”.

Pedro Passos Coelho recordou que o governo actual é sustentado por uma “maioria de esquerda, que não se confunde com o PSD”, colocando esse ónus no PS, PCP, Bloco de Esquerda, Os Verdes e o PAN. Passos Coelho reagiu assim à entrevista de António Costa onde o líder do PS apela a acordos com os sociais-democratas, abordando ainda a mudança de ciclo no CDS.

A entrevista do Primeiro-Ministro provocou também várias reacções em dirigentes do CDS e do PSD, que acusaram António Costa de “desfaçatez”, pelo pedido que fez de acordos com os partidos mais à direita, depois das rondas negociais em Outubro não terem produzido qualquer resultado.

Depois de António Costa ter aberto o jogo com a entrevista ao Expresso, Pedro Passos Coelho igualou a contenda durante a tarde. Pelo que se tem visto, a troca de “galhardetes” promete não ficar por aqui.

Descomplicador:

Pedro Passos Coelho não demorou a responder à entrevista de António Costa, pedindo ao Primeiro-Ministro para ter “decoro” e para não pedir o apoio do PSD para reverter todas as medidas que foram aplicadas nos últimos quatro anos.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *