Líder dos republicanos já admite nomear Trump

Poucas horas depois de Donald Trump ter vencido as eleições primárias na Carolina do Sul, o presidente do Comité Nacional Republicano disse à ABC News que o partido está preparado para nomear o candidato que tenha reunido o maior número de delegados ao longo das primárias.

Donald TrumpReince Priebus não conseguiu escapar à questão, ainda para mais quando nas últimas horas vários analistas politicos norte-americanos começaram a dar como certa a nomeação de Trump como o candidato republicano à Casa Branca. Assim, ao jornalista da ABC News, Priebus disse que “se os delegados, como sabe, forem acumulados de uma forma que um destes candidatos se torne o nomeado, é nosso dever apoiar esse nomeado e iremos fazê-lo. Portanto, hum…, sim, estamos preparados para apoiar qualquer candidato nomeado”.

A pergunta tornou-se ainda mais incómoda quando o pivot da ABC News recordou a Reince Priebus que Donald Trump já apoiou no passado o Partido Democrático e que tem criticado recorrentemente George W. Bush, uma das figuras “queridas” dos republicanos.

O Comité Nacional Republicano é o responsável máximo por escolher o candidato republicano que concorre à Casa Branca, lado-a-lado com o candidato democrata. Donald Trump segue actualmente como o principal favorito à nomeação que será oficializada na Convenção Nacional Republicana que decorrerá em Julho.

O The New York Times, a revista The Atlantic e a Fox News colocaram já na mesa a hipótese da nomeação de Donald Trump como candidato republicano poder significar o principio da desagregação do movimento tal como é conhecido nos dias de hoje. Para já a expectativa reside nos resultados de 1 de Março, onde quinze estados norte-americanos vão escolher os delegados republicanos.

Descomplicador:

O presidente do Comité Nacional Republicano, Reince Priebus admitiu já a possibilidade do partido nomear Donald Trump como candidato à Casa Branca, caso o candidato venha mesmo a reunir a maioria dos delegados. Alguns meios de comunicação social norte-americanos, entre eles o The New York Times admitem que a escolha de Trump possa significar o principio do fim do Partido Republicano.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *