Troca de galhardetes entre Matos Correia e António Costa marca primeiro dia

O primeiro dia do debate do Orçamento de Estado decorreu no tom de provocação constante entre o PSD/CDS e o Partido Socialista, com destaque para uma “troca de galhardetes” entre o deputado social-democrata, José Matos Correia e o Primeiro-Ministro, António Costa.

José Matos CorreiaJosé Matos Correia, deputado do PSD, criticou a falta de respostas do Primeiro-Ministro ao longo do debate, avisando ainda António Costa que “não é por repetir mil vezes essa inverdade que se torna real”. Matos Correia disse então não saber se havia de colocar questões a António Costa, visto que “exercícios inúteis não são o meu género”.

O também vice-presidente do PSD criticou também António Costa devido à tentativa de colagem do PSD a um desejo de chumbo do orçamento, dizendo que tal afirmação “é mentira” e recusando “descer ao nível do senhor Primeiro-Ministro”, disse.

Matos Correia reforçou ainda a ideia do PSD de que este orçamento “não põe fim à austeridade” e que não é por repetir essa afirmação “que se tornará real”, acrescentando que é o governo que tem que “se entender com a gerigonça para viabilizar este orçamento”.

O Primeiro-Ministro António Costa respondeu a José Matos Correia ao recordar uma intervenção de Paulo Rangel, eurodeputado do PSD, no Parlamento Europeu. O Primeiro-Ministro entrou “ao ataque”, afirmando que “enquanto todos nos lembrarmos de Paulo Rangel e do seu comportamento no Parlamento Europeu, bem podem pôr as bandeiras à lapela que nunca mais ninguém vos respeitará”.

O chefe do executivo socialista disse que “para os radicais é difícil perceber o que é o equilíbrio” e que “por isso tiveram de passar a vergonha de ter o presidente da comissão ríspido a dizer que os problemas nacionais se resolvem no próprio país”, recordando assim a intervenção de Paulo Rangel que criticou o acordo entre as esquerdas no Parlamento Europeu.

Podes seguir os principais momentos do debate no Twitter do Panorama em www.twitter.com/opanoramapt ou barra lateral do site.

Descomplicador:

Uma troca de acusações entre José Matos Correia, do PSD e António Costa, Primeiro-Ministro, marcou o primeiro dia do debate do Orçamento de Estado. O segundo dia de debate decorre hoje, antes do documento descer às comissões para o debate na especialidade.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *