“A concorrência não é anulada por decreto”, diz Ministro da Economia sobre a Uber

Manuel Caldeira Cabral, Ministro da Economia do governo de António Costa, disse ontem em reacção ao protesto dos taxistas sobre a Uber que “a concorrência não se anula por decreto”, tendo aceitado responder às questões colocadas pelos deputados acerca de mais uma polémica acerca deste serviço tecnológico de mobilidade.

Uber TaxisO ministro do executivo socialista considera que Portugal tem que “estar aberto a novas formas de concorrência e temos que ter consciência de que não é por decreto que elas são anuladas”, acrescentando que deve existir uma “concorrência equilibrada”. Para isso, Manuel Caldeira Cabral considera que Portugal deve ter uma “regulação que garanta que não há evasão fiscal nem desigualdade na concorrência”.

Apesar do cuidado empenhado na gestão da situação entre a Uber e os taxistas, Manuel Caldeira Cabral sublinha que estes mesmos meios de regulação não devem impedir que “serviços inovadores possam entrar em Portugal”, dizendo ainda que o governo “não está cá para travar a iniciativa privada, nem proteger interesses corporativos, mas também não estamos para ver concorrência desleal ou concorrência que use novas formas para a evasão fiscal”.

Para já, Manuel Caldeira Cabral não adiantou as medidas a implementar, garantindo apenas que têm que ser “iguais para todos os intervenientes”.

Ontem, centenas de taxistas bloquearam o Aeroporto de Lisboa durante horas, queixando-se contra o serviço da Uber e só desmobilizaram após o governo de António Costa agendar para esta Sexta-Feira um encontro com os sindicatos do sector.

Descomplicador:

Manuel Caldeira Cabral, Ministro da Economia, disse ontem em reacção ao protesto dos taxistas contra a Uber que “a concorrência não se anula por decreto” e que o governo “não está cá para travar a iniciativa privada, nem proteger interesses corporativos, mas também não estamos para ver concorrência desleal ou concorrência que use novas formas para a evasão fiscal”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *