Pacheco Pereira e presidente da ERC criticam actual estado da comunicação social

No âmbito da comemoração do 28º aniversário da TSF, a rádio organizou uma conferência – Comunicação Social: De Emídio Rangel aos tempos de hoje – onde se debateu o futuro do jornalismo em Portugal. Entre duras críticas ao jornalismo que hoje se pratica e uma visão mais otimista do futuro da comunicação social, foi, sobretudo, uma tarde de homenagem ao criador da TSF: Emídio Rangel.

José Pacheco PereiraO primeiro painel contou com a presença de Daniel Proença de Carvalho, Chairman do Global Media Group (GMG), Carlos Magno, presidente da Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC), e ainda José Pacheco Pereira, historiador e cronista do jornal Público. Proença de Carvalho destacou-se dos colegas de painel pelo facto de ser o único a olhar para o papel recente da comunicação social com relativo positivismo. Contrariamente, e num tom bastante crítico, o habitual comentador do programa Quadratura do Circulo, na SIC Notícias, Pacheco Pereira, e Carlos Magno, presidente da Entidade Reguladora da Comunicação (ERC), não pouparam os órgãos de comunicação social, acusando os mesmo de não estarem a cumprir a sua missão social.

Referindo-se em especial à TSF, Carlos Magno não teve dúvidas em afirmar que hoje “precisamos mais de um Emídio Rangel do que antes”. Por sua vez, Pacheco Pereira, reforçou a ideia de que hoje não existe pluralismo no jornalismo português, sobretudo no que diz respeito ao capítulo económico, onde, segundo o próprio, existe uma “visão única”.

Em suma, e num debate que foi moderado pelo ex-diretor da TSF, Paulo Baldaia, que já foi já substituído por David Dinis, foi um debate construtivo, mesmo tendo em conta todas as críticas que foram feitas. De referir ainda que o auditório Vitor Macieira, na Escola Superior de Comunicação Social, estava repleto de jovens estudantes.

Com Joana Silva

Descomplicador:

Pacheco Pereira, comentador politico e Carlos Magno, presidente da Entidade Reguladora da Comunicação deixaram fortes críticas ao estado do jornalismo actual na conferência promovida no âmbito do 28º aniversário da TSF.

xksxja@pwrby.com'
Publicado por: Duarte Pereira da Silva

20 anos, natural de Lisboa mas "radicado" no Algarve desde cedo. Estudante de Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social. Colabora com o site desportivo "Bola na Rede".

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *