Mário Centeno diz que decisão sobre as SWAPS pode prejudicar contas públicas

A Metro de Lisboa, a Carris, a Metro do Porto e a STCP foram hoje condenadas por um tribunal londrino a pagar 276,2 milhões de euros ao Santander, devido ao caso das Swaps que “rebentou” durante o mandato de Maria Luís Albuquerque enquanto Ministra das Finanças. O actual detentor do cargo, Mário Centeno, disse já que esta decisão pode prejudicar as contas públicas portuguesas.

Maria Luis AlbuquerqueApesar da sentença ainda não ser final e haver possibilidade de pedir recurso, os partidos nacionais estão já numa troca de acusações devido ao caso. Enquanto os partidos mais à esquerda acusam a coligação pela perda, o PSD acusa o governo de José Sócrates pelos maus negócios. Em causa estava a quebra contratual de Swaps celebrados entre 2005 e 2007 com o banco Santander.

Entretanto Mário Centeno, não querendo já falar com certezas, disse que “há muitas matérias neste processo que ainda merecerão do Governo decisões que decorrerão sempre do que for o pronunciamento do tribunal de Londres”, reconhecendo desde já que este processo terá “evidentemente, potencialmente, incidência orçamental, mas cuja incidência não é imediata”.

No Parlamento, o actual Ministro das Finanças afirmou ainda que este governo teve que “resolver muitos problemas que entretanto nos apareceram e que herdámos da governação anterior”, não sabendo no entanto os detalhes quanto a este processo, nomeadamente sobre os valores a pagar pelo estado português na totalidade do caso.

Descomplicador:

O governo português foi hoje condenado a pagar 276,2 milhões de euros ao Santander devido à quebra unilateral de contratos Swaps que decorreu durante o mandato de Maria Luís Albuquerque. Os partidos trocam já acusações e o PSD coloca as responsabilidades em José Sócrates.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *