Passos Coelho reeleito presidente do PSD com a maior percentagem de sempre

O ex-Primeiro-Ministro Pedro Passos Coelho, foi ontem reeleito presidente do Partido Social Democrata, com 95% dos votos contabilizados. Esta é a maior percentagem de sempre numas eleições directas no partido e é, segundo o próprio, o lançamento de um período de “união” e com um partido “pronto a governar”.

Pedro Passos CoelhoCalvão da Silva, presidente do Conselho de Jurisdição do partido, anunciou os resultados das eleições directas do PSD que reelegeram assim Pedro Passos Coelho para um quarto mandato, depois de há dois anos atrás ter conquistado 88% dos votos. Dos mais de 50 mil militantes com capacidade eleitoral, votaram 23271, com Pedro Passos Coelho a obter mais de 22 mil votos.

Pedro Passos Coelho assumiu pela primeira vez a liderança dos sociais-democratas em Março de 2006, frente a Paulo Rangel, Aguiar-Branco e Castanheira Barros, apresentando-se à liderança do PSD pela quarta vez consecutiva, podendo no final desde mandato totalizar oito anos à frente do partido.

A oficialização do novo mandato de Pedro Passos Coelho vai dar-se no congresso nacional do PSD, agendado para o dia 1, 2 e 3 de Abril em Espinho, onde será votada a Moção de Estratégia Global, o documento com a estratégia orientadora do PSD para os próximos dois anos.

Em reacção aos resultados, Passos Coelho apontou as eleições regionais dos Açores  e as autárquicas de 2017 como as primeiras prioridades, dizendo ainda que “a eleição que hoje [ontem] decorreu no PSD foi realmente uma eleição com uma grande participação e isso vai ao encontro daquilo que foi a campanha que desenvolvi durante os últimos 30 dias, e que procurou confrontar os militantes com a situação que o país vive nesta altura e, em particular, com as escolhas a ser feitas para futuro”.

Descomplicador:

Pedro Passos Coelho foi ontem reeleito presidente do PSD com 95%, a maior percentagem de sempre registada numas eleições directas dos sociais-democratas. Passos Coelho parte assim para um quarto mandato que começará no congresso do partido, agendado para os dias 1, 2 e 3 de Abril em Espinho.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *