Este ano, o Dia de Portugal é em Paris

Pela primeira vez, o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades  vai ser comemorado fora do país. Este ano, o local escolhido para as comemorações oficiais é a capital francesa. Mas Paris não vai ser palco único dos festejos.

Sendo Dia de Portugal,  faz parte das regras que a data seja comemorada em território nacional, pelo menos parcialmente. E é isso que vai acontecer, com a parada militar que vai ter lugar na Praça do Comércio, no dia 10, de manhã. Só depois, o Presidente da República embarca para Paris, onde vai ficar  mais um dia, para se encontrar com a seleção portuguesa de futebol, que estará em França a preparar o primeiro jogo, com a Islândia, para o Campeonato Europeu. François Hollande vai participar na festa da comunidade portuguesa.

Marcelo Rebelo de SousaAntónio Costa e Eduardo Ferro Rodrigues vão acompanhar o Presidente na viagem a Paris, numa deslocação que, para eles, deverá ser curta, já que não é vulgar estarem ausentes do território nacional os representantes dos três principais órgãos de soberania e em conjunto.

Marcelo Rebelo de Sousa escolhe Paris para as comemorações, porque França é um destino tradicional da emigração portuguesa há décadas e porque considera que deve ser dada uma atenção especial aos portugueses que emigraram.

Em novembro, durante uma visita a Paris e em entrevista ao Expresso, Marcelo Rebelo de Sousa já tinha  manifestado vontade de organizar um Dia de Portugal fora do país, para
“homenagear as comunidades portuguesas”.

Estas comemorações do 10 de Junho seguem, desta forma, o caminho de inovação  com que Marcelo Rebelo de Sousa tem marcado o seu percurso. O Presidente eleito já tinha  surpreendido, quando foi anunciado o programa das cerimónias oficiais da sua posse, que vão duram três dias em vez de um, vão contar com  numa celebração inter-religiosa na Mesquita Central de Lisboa – um acontecimento único em Portugal – e com concertos de Anselmo Ralph, Pedro Abrunhosa, José Cid, Paulo de Carvalho, da fadista Mariza, e mais atuações, na Praça do Município.

Descomplicador:

Este ano, as comemorações oficiais do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades vão ter lugar em Paris. Marcelo Rebelo de Sousa escolhe a capital, porque França é um destino tradicional da emigração portuguesa há décadas e porque quer dar uma atenção especial aos portugueses que emigraram. Mas Paris não vai ser palco único das comemorações: no dia 10, de manhã, vai acontecer a parada militar na Praça do Comércio.

ymndmgmd@grandmasmail.com'
Publicado por: Rita Fernandes

Finalista do curso de jornalismo na Escola Superior de Comunicação, tem 20 anos e é natural de Lisboa. Não vive sem livros. Também redatora no site Espalha-Factos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *