Gabinete de Marcelo com muita sociedade civil e poucos amigos

Marcelo Rebelo de Sousa tem escolhido nos últimos dias algumas das pessoas que quer no seu circulo mais próximo durante os próximos cinco anos. Segundo revela o Diário de Noticias o gabinete do Presidente da Republica contará com vários nomes oriundos da sociedade civil, mas poucos integram o seu circulo de amizades.

Marcelo Rebelo de SousaO novo Presidente da Republica recupera também o Gabinete do Presidente, uma figura prevista na lei que estava desactivada desde Jorge Sampaio. Ainda assim, o número de consultores ficará abaixo do máximo definido pela lei. Segundo fonte da Presidência do DN, Marcelo “prefere ir chamando pessoas de acordo com as necessidades, para que não haja gente a mais”.

No gabinete estarão Mariana Mira Corrêa e Duarte Vaz Pinto, que acompanharam Marcelo ao longo de toda a campanha. Duarte Vaz Pinto é sobrinho de António Guterres e conhece Marcelo Rebelo de Sousa desde os seus tempos de liceu, enquanto Mariana Mira Corrêa tentou a sua sorte ao enviar o currículo para Marcelo Rebelo de Sousa, meses antes do inicio da campanha.

Para chefe da Casa Civil foi escolhido Fernando Frutuoso de Melo, que estava em Bruxelas, ligado a instituições europeias, enquanto a Casa Militar será chefiada por João Carvalho Cordeiro, da Força Aérea. São já conhecidos também os nomes de alguns consultores, nomeadamente de Pedro Mexia para a área cultural e de António Araújo que se mantém como consultor politico.

O assessor jurídico será o seu colega na Faculdade de Direito de Lisboa, Miguel Nogueira Brito e para a área diplomática, José Augusto Duarte, escolhido por ser próximo dos países da CPLP. Para a área das empresas e inovação foi escolhido Luís Ferreira Lopes, que conduzia o programa Sucesso.pt na SIC Noticias. No Dia da Mulher, a Força Aérea anuncia também que Diná Azevedo será consultora para a área militar.

A composição do Conselho de Estado é também já conhecida, tal como o Panorama divulgou AQUI.

Descomplicador:

Marcelo Rebelo de Sousa recupera a figura do Gabinete do Presidente, levando consigo os dois assessores que o acompanharam na campanha. Pedro Mexia será o consultor para a área cultural e Luís Ferreira Lopes para a área da inovação.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *