Congresso do CDS: os números e os nomes

Ontem foram eleitos no congresso do CDS os novos órgãos nacionais do partido. Assunção Cristas foi eleita a nova presidente do CDS, sucedendo assim a Paulo Portas, mas muitos outros militantes foram eleitos dirigentes. O Panorama recolheu os dados das votações e os nomes dos novos órgãos nacionais do partidos.

A comissão executiva é órgão mais importante do partido, reunindo os dirigentes responsáveis pelo trabalho diário do CDS. Assim, foram eleitos para este órgão:

Assunção Cristas

Presidente: Assunção Cristas

Vice-presidentes: Nuno Melo, Adolfo Mesquita Nunes, Cecília Meireles, Nuno Magalhães (por inerência)

Secretário-geral: Pedro Morais Soares

Porta-voz: João Almeida

Coordenador autárquico: Domingos Doutel

Vogais: Pedro Mota Soares, João Rebelo, Ana Rita Bessa, Álvaro Castello Branco, Teresa Anjinho, Manuel Isaac, Filipe Anacoreta Correia, Miguel Morais Leitão, Miguel Moreira da Silva, Artur Lima (inerente por ser presidente do CDS-PP Açores) e António Lopes da Fonseca (inerente por ser presidente do CDS-PP Madeira).

Os membros da comissão executiva integram também a Comissão Politica Nacional, o órgão que foi eleito em congresso de modo oficial, com 95,59% dos votos (1191 votos e 50 votos brancos) e que por ser mais alargado do que a comissão executiva integra ainda:

Vogais: Abel Baptista, Ana Catarina Araújo, Carlos Neves, Diogo Belford Henriques, Diogo Feio, Duarte Goes, Filipe Santiago, Francisco Mendes da Silva, Frederico Almeida, Graça Silveira, Hélder Amaral, Henrique Monteiro, Isabel Galriça Neto, João Basto, João Condeixa, João Gonçalves Pereira, João Viegas, Jorge Pato, Jorge Quintas Serrano, José Lino Ramos, José Pedro Caçorino, José Vasco Matafome, Manuel Cardoso, Manuel Castelo Branco, Maria Reina, Mariana França Gouveia, Marta Arruda Moreira, Miguel Alvim, Miguel Capão Filipe, Patrique Alves, Paulo Núncio, Paulo Soares, Pedro Moutinho, Pedro Pestana Bastos, Raquel Vaz Pinto, Ricardo Mendes, Rui Barreto, Samuel Almeida, Silvino Rodrigues, Teresa Caeiro, Tiago Abreu, Tiago Marques Leite.

A mesa do congresso nacional, responsável pela condução das reuniões magnas do partido, foi reeleita com 94,4% dos votos e elegeu novamente:

Luis Queiró CDS

Presidente: Luís Queiró

Vice-presidentes: Victor Mendes, Teófilo Cunha e Luís Silveira

Secretários: Mariana Henriques Costa, Alexandre Freire Gonçalves, Conceição Pinho, Pedro Sena, Filipe Teixeira.

O Conselho Nacional de Fiscalização, eleito com 94,57% dos votos, também contou apenas com uma lista concorrente que elegeu:

Presidente: Alberto Coelho

Vice-presidente: Henrique Campos Cunha

Vogais: Luís Barros Mendes, Frutuoso Tomé, João Valério, João Mota Mendes, João Sacoto Neves

Já o Conselho Nacional de Jurisdição contou com uma lista apoiada por Assunção Cristas e outra apoiada por Filipe Lobo D’Ávila. A lista apoiada pela presidente do partido venceu com 76,5% dos votos e a de Filipe Lobo D’Ávila contou com 20%, elegendo ainda assim um elemento. Assim:

António Carlos Monteiro CDS

Presidente: António Carlos Monteiro (ex-Secretário-Geral)

Vice-presidente: Ângela Rodrigues Oliveira

Vogais: Pedro Melo (em representação da lista de Filipe Lobo D’Ávila), João Pedro Gomes, Sílvia Pires, António Velez, João Lopes Bernardo

Na mesa do Conselho Nacional, Telmo Correia voltou a liderar a lista única, que venceu com 93,56% dos votos, elegendo:

Telmo Correia

Presidente: Telmo Correia

Vice-presidentes: Fernando Barbosa, José Pinheiro, João Manuel Alves de Castro

Secretários: Maria do Céu Marques, António Ribeiro, Orísia Roque, José Gagliardini, Sofia Athayde

No Conselho Nacional, o órgão mais importante do partido entre congressos, protagonizou-se a maior disputa interna, com Assunção Cristas e Filipe Lobo D’Ávila a apresentarem cada um uma lista. António Lobo Xavier encabeçava a lista da presidente do CDS, que venceu com 75,48% (948 votos e 54 lugares), enquanto Filipe Lobo D’Ávila recolheu 23,05% (288 votos e 16 lugares). Assim foram eleitos para este órgão:

António Lobo Xavier

Apoiantes de Assunção Cristas: António Lobo Xavier, Maria Celeste Cardona, João Munoz, Vânia Dias da Silva, Mário Pereira, Pedro Pinto, Durval Tiago, Humberto Batardo, Ângelo Santos, Pedro Ramalho Carlos, Filipe Matias Santos, Diogo Moura, António Barbosa, Rui Jorge da Silva Costa, Nuno Vieira e Brito, Beatriz Vaz, João Toscano, Filipe Valente, Gonçalo Moita, Carla Carvalho, João Fornelos, Nuno Marques, Miguel Bento, Maria José Falcão de Brito, Jorge Marques, Madalena Accioli Figueiredo, Diogo Pita Botelho, Pedro Gonçalves, Maria Margarida Lourenço, Rosa Guerra, Ana Isabel Baptista, António Pinto Moreira, Manuel Mexia Rocha, Nuno Lobo, Gabriel Osório de Barros, José Eduardo Azevedo, Sara Machado Gomes, Rui Caetano, Cristiano Coelho, Armindo Gomes, Bráulio Ferreira, Alexandra Almeida, Ana Filomena Figueiredo, Carlos Cunha, Luís Assis, Rosa Pinto Bocas, Joana Malheiro Novo, Paulo Silva Silva, Rita Caetano Santos, João Caetano, Sidónio Santos, Nuno Gusmão, Graça Canto Moniz, Luís Queiró.

Filipe Lobo D'Ávila CDS

Apoiantes de Filipe Lobo D’Ávila: Filipe Lobo d’ Ávila, Altino Bessa, João Casanova de Almeida, Raul Almeida, António Loureiro, Paulo Luís Cunha de Almeida, José Marcelo Mendes Pinto, Hugo Miguel Correia Ribeiro, Rui Miguel Meira Barreira, Vasco Nuno Ferraz, Maria Bonneville, Pedro Costa e Silva, Pedro Costa Jorge, André Rosa Correia, António José Barroso, Aristides Martins de Sousa

 

Descomplicador:

Foram eleitos ontem os novos órgãos nacionais do CDS, compostos pela Comissão Politica Nacional, Comissão Executiva, Mesa do Congresso Nacional, Mesa do Conselho Nacional, Conselho Nacional, Conselho de Jurisdição e Conselho de Fiscalização.

 

 

 

 

 

 

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *