Governo investe 17 milhões “para melhorar a imagem e qualidade” dos táxis

O governo liderado por António Costa decidiu investir 17 milhões no melhoramento do sector dos táxis, em resposta aos anseios dos sindicatos e associações no decorrer da disputa legal com a Uber. Ao todo será aplicado um pacote de dez medidas para renovar e melhorar o sector, sendo uma parte proveniente do Orçamento de Estado e outra de fundos comunitários.

Uber Taxis1 milhão de euros será aplicado em acções de formação de motoristas, nas áreas das línguas, mas também da conduta e da utilização de novas tecnologias, bem como no acesso à informação sobre direitos dos passageiros. O Ministério do Ambiente, responsável pelo sector quer também criar grupos de trabalho para definir um conjunto de directrizes.

A ideia é em conjunto com os munícipios, as associações e os gestores das praças de táxis, para em conjunto definirem as regras de acesso e tarifas, bem como o acesso às praças de táxis em terminais de navios, ferroviários e aeroportos.

Para a renovação da frota automóvel estão reservados 14 milhões de euros, com 4 milhões provenientes do Orçamento de Estado e 10 milhões a serem atribuídos por fundos comunitários. O governo propõe ainda ao sector avançar com a reposição dos custos fiscais nos combustíveis para os táxis.

Entre estas dez medidas está também prevista a criação de uma plataforma nacional de táxis, que unifique todas as aplicações existentes, estando ainda reservado um milhão de euros em equipamentos de monitorização e gestão da frota automóvel. O Ministério do Ambiente quer ainda criar vouchers e vales de transporte, bem como flexibilizar os contratos no sector.

Descomplicador:

O Ministério do Ambiente, responsável pela tutela dos táxis criou um pacote de dez medidas para o sector, com 17 milhões de euros de investimento e que entre outros aposta em cursos de formação em línguas e de conduta para os taxistas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *