Diogo Lacerda Machado volta a ser a peça do governo no xadrez da negociação do BPI

No governo anterior, Sérgio Monteiro, que ocupava o cargo de Secretário de Estado dos Transportes, era tido como o homem das privatizações do executivo de Passos Coelho. No governo de António Costa o papel é desempenhado embora de forma informal por Diogo Lacerda Machado.

Diogo Lacerda MachadoO antigo Secretário de Estado da Justiça quando António Costa era o titular dessa pasta, tinha já assumido o papel de porta-voz do governo na renegociação da privatização da TAP e agora voltou a assumir esse papel no negócio entra a CaixaBank e a Santoro de Isabel dos Santos para a venda do BPI.

Segundo o Diário Económico, numa demorada reunião na Comissão de Mercados de Valores Mobiliários, estiveram presentes os advogados da CaixaBank, os representantes da Santoro, papel assumido em Portugal pela sociedade de advogados Úria e Diogo Lacerda Machado em nome do governo.

O papel de Lacerda Machado foi central nas tentativas de António Costa de tentar evitar uma “espanholização” da banca nacional, dando assim a Isabel dos Santos a alternativa de entrar no capital do Millenium BCP em troca da saída do BPI, que tem demasiada exposição angolana. O CaixaBank ofereceu-se para ajudar assim o banco português, tendo em conta que o BPI está agora sujeito a multas diárias por parte do Banco Central Europeu, mas não foi possível chegar a acordo.

Diogo Lacerda Machado é consultor externo do governo português, por ser um homem da confiança directa do Primeiro-Ministro António Costa, mas é oficialmente administrador e advogado da Geocapital, uma empresa detida pelo multimilionário Stanley Ho, ligado à indústria do jogo.

Descomplicador:

Diogo Lacerda Machado trabalha oficialmente para o multimilionário Stanley Ho, mas é também o emissário de António Costa para os “negócios difíceis”. O ex-Secretário de Estado da Justiça teve um papel preponderante na renegociação da TAP e agora nas negociações entre Isabel dos Santos e a CaixaBank.

 

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *