António Costa apresenta Plano Nacional de Reformas ao Parlamento

O Primeiro-Ministro António Costa apresentou ao inicio da tarde o Plano Nacional de Reformas na Assembleia da República depois de ontem o ter apresentado ontem oficialmente. Pedro Marques, Ministro do Planeamento, avançou que o objectivo é investir “10 a 11 mil milhões de euros” em reformas nacionais.

António CostaAinda assim, António Costa reforçou hoje que este plano “não pode ser visto como um plano do governo, mas sim de toda a sociedade”, adiantando também que alguns dos ministros, os que estão mais envolvidos com as reformas, marcarão presença no Parlamento, para debater as medidas com os restantes partidos com assento parlamentar.

A qualificação e o combate ao sobre-endividamento são as duas maiores apostas, bem como a desburocratização da sociedade portuguesa e vão envolver metade dos fundos comunitários do programa Portugal 2020, no prazo de cinco anos, o que totaliza os tais 11 mil milhões de euros.

Os “seis pilares estratégicos” deste Plano Nacional de Reformas são: “a qualificação dos recursos humanos, a qualificação do território, a inovação tecnológica, a modernização do Estado, a capitalização das empresas e o reforço da coesão social”, adiantou ontem o Primeiro-Ministro e o ministro responsável pela gestão dos fundos comunitários, num documento de 53 páginas.

Pedro Marques acrescentou ontem ainda que “a política financeira deve ter como suporte uma política económica assente no crescimento e no emprego”, apostando assim em simultâneo no equilíbrio das contas e no crescimento económico.

Descomplicador:

António Costa apresentou hoje no Parlamento o documento que deu a conhecer ao público ontem e que pretende investir 11 mil milhões de euros de fundos comunitários. Os seis pilares estratégicos são: “a qualificação dos recursos humanos, a qualificação do território, a inovação tecnológica, a modernização do Estado, a capitalização das empresas e o reforço da coesão social”

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *