PSOE adia eleições internas para depois das “externas”

Para já pode ser menos um problema para Pedro Sanchez resolver. O líder do PSOE deverá ver a direcção do seu partido adiar a realização do congresso para uma data posterior a umas novas eleições legislativas. Com o impasse governativo em Espanha, Pedro Sanchez iria ver o PSOE a passar por um processo de eleições internas a pouco menos de um mês de novas legislativas.

Pedro Sanchez PSOEO congresso dos socialistas espanhóis estava apontado para 21 e 22 de Maio, mas a comissão executiva do partido deverá agendar uma nova data e que será posterior às legislativas que estão apontadas para 26 de Junho. Pedro Sanchez deverá contar com a oposição da líder da Andaluzia, Susana Diaz.

Assim em breve vai reunir o Comité Federal do PSOE para agendar uma nova data definitiva para realização do congresso que elegerá o novo líder dos socialistas, numa liderança disputada para já por dois candidatos. No inicio de Março, Pedro Sanchez tinha dito já que a sua proposta era a de “adaptar o ritmo do partido ao ritmo de Espanha”, mas que será sempre uma decisão tomada com o acordo de todos.

Susana Diaz encabeça assim a tendência apoiada pelos barões do partido, podendo constituir-se como uma opositora de peso a Pedro Sanchez que está a revelar várias dificuldades para conseguir formar governo, não conseguindo ultrapassar o impasse entre o Podemos e o Ciudadanos.

Para já o PSOE da Andaluzia não reagiu a esta possível alteração mantendo uma postura de “discrição”, depois de Susana Diaz ter tentado forçar eleições internas no mês de Meio, numa primeira instância. Recorde-se que no plano nacional, o dia 3 de Maio é o limite para que Pedro Sanchez consiga encontrar uma solução governativa, com Susana Diaz a querer marcar eleições internas do PSOE para o dia 8 desse mesmo mês, ideia que deixou já cair.

Descomplicador:

Pedro Sanchez parece ter conseguido adiar mais um problema. O PSOE que iria passar por um processo de eleições internas em Maio parece concordar com a ideia de adiar o congresso para uma data posterior a novas eleições legislativas, que decorrerão a 26 de Junho.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *