CDS começa a acertar estratégias para as autárquicas. Candidatos aprovados em Setembro

O Secretário Geral do CDS, Pedro Morais Soares, começou na Sexta-Feira em Santarém uma volta ao país onde se vai reunir com os presidentes de todas as concelhias do partido para acertar as estratégias para as eleições autárquicas e sobretudo para concertar detalhes no que toca à comunicação do partido com os seus eleitores.

Pedro Morais Soares CDS AutárquicasO CDS pretende uniformizar a comunicação do partido, pedindo cuidado à vertente digital, nomeadamente às páginas das concelhias e das distritais no Facebook, para que a comunicação se torne mais profissional e mais uniformizada em todo o país.

A par deste objectivo de tentar tornar a comunicação do CDS mais profissional, o partido pretende ainda dinamizar um gabinete de estatísticas a nível nacional, que permita analisar os dados sobre os militantes e eleitores, para que possam preparar atempadamente as eleições autárquicas, conhecendo assim o público alvo. As concelhias do partido vão receber mensalmente relatórios com os dados mais importantes para que possam também ir “medindo a temperatura” ao seu concelho.

Quanto a hipotéticos candidatos para candidatos autárquicos, ao que o Panorama sabe nada foi abordado, nem mesmo quanto às capitais de distrito. A ideia do CDS é que os candidatos às autarquias sejam todos aprovados até Setembro deste ano, um ano antes das eleições autárquicas, mas cabe às concelhias escolherem os nomes, bem como a possibilidade de irem ou não em coligação, tendo tudo que ser depois aprovado a nível nacional.

A reunião que o Secretário-Geral, Pedro Morais Soares, conduziu em Santarém vai agora ter réplicas em todos os distritos do país, tendo passado no Sábado por Castelo Branco, Guarda e Viseu, para que o partido possa assim preparar as autárquicas atempadamente podendo assim em Setembro começar a delinear os candidatos.

Descomplicador:

O Secretário-Geral do CDS, Pedro Morais Soares, iniciou ontem uma volta nacional onde está a reunir com os presidentes das concelhias para acertar detalhes com vista a preparar as eleições autárquicas. A ideia é uniformizar a comunicação do partido e fornecer dados estatísticos que permitam às concelhias trabalhar para as eleições do próximo ano.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *