Bloco de Esquerda “enxotou” Draghi por ser “uma escolha politica errada” do Presidente da Republica

O Bloco de Esquerda de Lisboa promoveu ontem ao final da tarde uma recepção “paralela” a Mário Draghi, presidente do Banco Central Europeu (BCE) que marcou presença no Conselho de Estado a convite de Marcelo Rebelo de Sousa. Para o responsável pela iniciativa, o deputado Jorge Costa, considera que Mário Draghi continua a fazer parte do problema e não da solução.

Jorge Costa Bloco de EsquerdaNa manifestação realizada no Rossio em Lisboa, algumas dezenas de apoiantes do Bloco de Esquerda reuniram-se para mostrar a Mário Draghi que a sua intervenção no Conselho de Estado não era bem vista de forma unânime. No final da iniciativa, Jorge Costa, deputado do Bloco disse ao Panorama que “o convite é uma escolha politica, quanto a nós, errada porque o BCE tem responsabilidades agravadas na forma como o país foi conduzido nos últimos anos e isso não devia ser colocado debaixo do tapete”.

As críticas ao Banco Central Europeu fora aliás a tónica dominante, com o Bloco de Esquerda a considerar que “as responsabilidades do BCE e do FMI não podem ser escondidas e muito menos se deviam aceitar com esta naturalidade”. O convite gera ainda mais indignação por decorrer num “momento institucionalmente importante que é a primeira reunião do Conselho de Estado com Marcelo Rebelo de Sousa”.

Na reunião de Conselho de Estado onde pela primeira vez esteve presente um membro do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, Mário Draghi defendeu a manutenção de reformas no sector empresarial, defendendo até algumas das medidas do anterior governo. No entanto, para Jorge Costa e para o Bloco de Esquerda, “o leque de politicas de Mário Draghi demonstram que o apoio ilimitado ao sistema financeiro, de crédito ilimitado e liquidez sem fim, com dinheiro dos contribuintes, não resulta em estimulo à economia real, à criação de emprego”, concluindo que “as politicas do BCE têm resultado no fracasso da politica europeia e é por isso que a Europa continua nesta desagregação social”.

Descomplicador:

O Bloco de Esquerda promoveu uma manifestação contra a presença de Mário Draghi no Conselho de Estado ontem. Ao Panorama, Jorge Costa, deputado do BE e responsável pela iniciativa, disse que “o convite é uma escolha politica, quanto a nós, errada porque o BCE tem responsabilidades agravadas na forma como o país foi conduzido nos últimos anos e isso não devia ser colocado debaixo do tapete”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *