Sem ajuda à banca, défice tinha sido de 2,8%

Portugal terminou o ano de 2015 com um défice de 4,4%, segundo confirmou recentemente o Eurostat, mas sem ajudas à banca esse défice teria sido de 2,8%, segundo a mesma entidade de estatísticas europeias. Segundo avança o semanário Expresso, Portugal teria sido capaz de ficar abaixo do limite de 3% definido pelo Tratado de Maastricht.

Financiamento Dinheiro ContasUm dos motivos principais pelo aumento do défice, foi o resgate ao Banif que resultou numa subida do défice de 1,4%, o que em termos líquidos correspondia a 2463 milhões de euros. Assim com a assistência pública à banca a saída do Procedimento de Défices Excessivos teve de ser adiada para o final deste ano, segundo os objectivos do governo.

Quanto à dívida pública, apesar de registar um valor inferior ao ano passado, acabou por ser revista em alta pelo Eurostat, face aos números avançados pelo Instituto Nacional de Estatística. Actualmente a dívida pública representa 129% do PIB, um valor inferior aos 130% registados no final de 2014.

A revisão em alta do Eurostat dá-se devido à inclusão do Banif nestes dados, algo que inicialmente não foi feito, segundo indicações europeias. Portugal integra o Procedimento de Défices Excessivos desde 2009 e o Banif impediu que o país saísse desse procedimento no final do ano de 2015.

Descomplicador:

Portugal teve um défice de 4,4% em 2015 mas sem as ajudas à banca esse défice teria sido apenas de 2,8% segundo avança o jornal Expresso. Assim a saída do país do Procedimento por Défice Excessivo teve de ser adiada para o final de 2016.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *