Como Rajoy quer vencer as eleições ao acertar as horas com Portugal

Desde 1940 que os relógios espanhóis estão sincronizados com as horas de Berlim e de Roma, o que implica um adiantamento de 1 hora face aos relógios em Portugal. Agora, o líder do Partido Popular, Mariano Rajoy, quer acertar o tempo com as horas portuguesas, para alterar o modo de vida espanhol. É uma das medidas que quer aplicar para atrair eleitores, agora que as eleições estão apontadas para 26 de junho.

A análise da questão é feita pelo jornal El Mundo, que estudou o impacto desta alteração no dia-a-dia do nosso país vizinho. Mas antes, leia-se a proposta: Rajoy quer criar uma lei que defina o fim das horas de trabalho por volta das 6 da tarde, para que as pessoas «tenham tempo para conciliar a vida profissional e pessoal». Por outro lado, quer fazer com que Espanha regresse às horas do meridiano de Greewitch, as mesmas pela qual Portugal é regida (GMT+0). Esta alteração poderá ser feita para que então o país possa acompanhar os «ritmos biológicos», ou seja, pelo amanhecer e pelo pôr do sol. Até agora, segundo os dados do jornal, Espanha é o país da Europa onde mais tarde se janta – às 22 horas – já que em média as horas de trabalho terminam por volta das 8 da noite.

Este desfasamento face às horas da luz sol implica, diz Mariano Rajoy, que não se consiga o sono recomendado de 8 horas, nem haver tempo para outras tarefas e preocupações além do trabalho. O país não só é o que janta mais tarde na Europa, como também é o que mais tarde sai do trabalho. Os valores são nos dados por um conjunto de gráficos produzidos pelo jornal, para que se possa perceber uma questão que o El Mundo diz ser tão recorrente quanto conversas de circunstâncias no elevador.

Horário Espanha

Os espanhóis são os cidadãos europeus que mais tarde saem do trabalho

Para efeito de comparação, os portugueses e italianos, que se encontram à mesma latitude de Espanha saem às 20h, mas os britânicos e alemães saem às 17 horas. É um desequilíbrio, já que, estando à mesma latitude que Portugal e Itália, tem as mesmas horas que a Alemanha, mas as horas de trabalho terminam muito mais tarde.

Sair às 21h implica arrastar uma série elementos para mais tarde. Por exemplo: os principais programas de televisão espanhóis, incluindo jogos de futebol, começam mais tarde porque se sai mais tarde. Por efeito de consequência, dorme-se menos, e há menor produtividade.

As eleições espanholas estão apontadas para o mês de junho, depois de várias tentativas fracassadas de formar governo. A última foi levada a cabo na terça-feira, pelo Compromís (partido de esquerda da Comuna de Valência), com uma contraproposta falhada do Partido Socialista Espanhol (PSOE). O prazo determinado pelo rei para formar governo terminou na quarta-feira e agora a realização de eleições é inevitável.

Esta proposta de Mariano Rajoy é esmiuçada pelo jornal El Mundo, neste artigo e nesta análise, para fazer compreender o verdadeiro impacto do acerto das horas ao tempo português.

Descomplicador:

Mariano Rajoy propõe alinhar as horas de Espanha às horas de Portugal, para que os eleitores possam, por exemplo, dormir mais horas. Esta proposta não é nova. Falar sobre a mudança de hora em Espanha é algo comum, mas esta ideia é novamente levantada numa altura em que as eleições são inevitáveis.

zdkoexdm@anappthat.com'
Publicado por: Luís Fernandes

19 anos. Estudante de jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social em Lisboa. Desde cedo que soube o caminho que queria trilhar e que passava, sem qualquer dúvida, pela comunicação: o jornalismo - a vontade de informar, a forma de oferecer a quem lê, ouve ou vê, uma oportunidade para mudar e fazer mudar. Atualmente é coordenador dos Noticiários da ESCS FM e colabora com a ESCS Magazine.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *