Ex-director de campanha de António Costa critica moção

Ascenso Simões, deputado do Partido Socialista e ex-director de campanha de António Costa até à polémica dos cartazes com desempregados, criticou a moção do actual Primeiro-Ministro, que acusou de ser um “buraco negro”.

Ascenso SimõesApesar de se afastar das críticas de Sérgio Sousa Pinto e Francisco Assis, afirmando que “este Governo existe, porque se impunha perante o resultado das eleições”, acrescentando que “não que as visões políticas e programáticas dos partidos o possibilitassem, não que a História o recomendasse, mas a crise que se viveu nos últimos anos não deixava margem ao PS para qualquer opção”.

Ainda assim Ascenso Simões afirma num artigo de opinião publicado no jornal Público que “é um amplo e provocador ‘buraco negro’ que o congresso devia analisar com cuidado e atenção”. Numa referência ao passado interno do PS, Ascenso Simões diz que “não vale a pena esconder, o PS tem linhas internas que se afirmam em campos muito distintos da acção política” e que “os resultados eleitorais nos dizem que há dois PS dentro do PS e um não pode perder o outro, sob pena de se perderem os dois”.

O membro da comissão politica do Partido Socialista diz ainda no seu artigo de opinião que “o PS está muito retraído nessa mensagem de esperança, ela só nos aparece nas palavras do primeiro-ministro, mas um governo não é feito de uma só pessoa, um partido não é feito de uma só voz”, pedindo assim aos membros do Partido Socialista que não pensem apenas no “hoje” e que façam uma reflexão mais alargada.

Descomplicador:

Ascenso Simões, deputado do PS e ex-director de campanha de António Costa até à polémica com os cartazes, criticou a moção do Primeiro-Ministro ao congresso acusando-a de ser um “buraco negro”. Ascenso Simões pede ainda uma reflexão mais profunda dentro do partido.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *