“Fui o melhor presidente da história do Brasil”

O “melhor presidente da história do Brasil”, e com um percurso tão marcante e popular que teria de concorrer contra si próprio para conseguir repetir a sua própria prestação. Lula da Silva, em entrevista ao The Guardian, falou de Dilma, da sua inocência e dos donativos aos outros partidos, que, segundo o ex-presidente do Brasil, não têm merecido a mesma atenção que os do PT.

Lula da Silva“Foi muito triste. Sofri bastante”, disse Lula da Silva sobre a noite da votação do impeachment; “Vi o projecto para transformar este país a desabar”. O ex-presidente do Brasil disse que o projecto do PT incomodou muita gente, “Agora há mais [pessoas de classe média] nas ruas, em teatros, em aeroportos. Parte da elite não quer partilhar”.

Para Lula, uma política virada para as classes mais baixas parece ter incomodado um certo grupo da população, mas isso não o incomoda. Quando abandonou o cargo de chefia do governo, tinha uma taxa de popularidade de 87%. O que leva o próprio a declarar-se como sendo: “o melhor presidente da história do Brasil”.

Seria quase impossível repetir a sua prestação, diz Lula; “Tinha de competir contra mim mesmo”. Hoje os números não são tão animadores, mas nem por isso Lula da Silva deixa de ser o político mais popular. Segundo as mais recentes sondagens, o antecessor de Dilma é o político mais popular com 21% das preferências do povo brasileiro. De acordo com o mesmo estudo, segue-se a ministra do ambiente, Marina Silva, com 19%, o candidato presidencial do Partido da Social Democracia Brasileira Aécio Neves com 17% e com 13% o presidente interino do Brasil, Michel Temer. Dilma Rousseff, aparece mais para a frente com uma taxa de popularidade que ronda dos 10%.

Popular, mas não entre todos. Lula da Silva afirma que “há um acordo entre algumas partes dos media, os magistrados e a polícia para destruir a minha imagem. Tudo tem um objectivo: condenar Lula”, rejeitando um cenário de interferência dos Estados Unidos da América na crise brasileira; ao contrário o que o próprio considera ter acontecido na Venezuela, em 2002, quando Hugo Chávez foi afastado do poder durante um curto espaço de tempo.

Lula da SilvaReafirmando o seu orgulho em ter escolhido e eleito Dilma para sua sucessora, Lula da Silva deixa um conselho à sua sucessora: “Dilma precisa de dizer o que acontecerá no Brasil se ela voltar à presidência. Ela tem de dizer o que pode fazer que será novo, como construirá novas relações políticas. Ela tem de dizer isso. Eu não. Tem que fazer com que as pessoas acreditem”.

Sobre o caso Lava Jato, o ex-líder do PT afirma que “existe a teoria de que ‘o chefe deve saber’, ou que somos culpados de incompetência [por não saber]. Mas não há crime”. O antigo presidente é acusado de ter recebido ‘luvas’ da Petrobrás para financiar as campanhas do PT e comprar apoios no Congresso.

Lula acusou ainda a justiça brasileira de ser parcial e de não ter em atenção as doações dos outros partidos, “da forma como isto tem sido feito, parece que todo o dinheiro do PT é sujo, e que todo o dinheiro que chega ao PSDB [Partido da Social Democracia Brasileira, rival dos trabalhistas] é limpo”.

No entanto, Lula da Silva diz-se tranquilo: “Não há ninguém no Brasil tão tranquilo quanto eu”, rebate Lula. “Se eu enfrentar um julgamento, vamos saber se [as alegações] são verdadeiras ou não”, e com uma certeza: “As principais conquistas dos últimos 13 anos não serão perdidas, haja julgamento ou não”, diz. “Eu não pretendo mudar o que eu sou. Eu fui o melhor [presidente] que já houve”.

Descomplicador:

Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, Lula da Silva disse ser “o melhor presidente da história do Brasil”, assumindo o seu desempenho e popularidade como inigualáveis. O ex-presidente do Brasil disse ainda estar “tranquilo” em relação ao processo Lava Jato e pediu uma justiça mais imparcial que olhasse para as doações dos outros partidos.

ygztbykr@eelmail.com'
Publicado por: Tomás Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *