Nuno Melo diz que as sanções são o “álibi” do PS

O eurodeputado do CDS, Nuno Melo, disse hoje num artigo de opinião publicado no Jornal de Noticias que as sanções da União Europeia a Portugal são o “álibi” que o PS precisa para justificar o falhanço da execução orçamental de 2016. O artigo foi publicado antes da conferência de imprensa da Comissão Europeia.

Nuno Melo“Um défice superior a 3 % em 2015 permitirá ao PS argumentar com desfaçatez que o anterior Governo falhou. E lá para o final do ano, quando se confirmar nova hecatombe nas contas públicas, a culpa, claro, será das sanções”, diz Nuno Melo, que acusa o governo de nada ter feito para impedir que a ajuda ao BANIF entrasse nas contas do défice.

A par desta acusação, Nuno Melo lembra ainda que um dos responsáveis europeus que mais pressão tem feito para serem aplicadas sanções a Portugal é Pierre Moscovici, socialista que “em 2013 recusara as exigências de défice que a Comissão Europeia fizera à França, louvado pelos socialistas portugueses, que encarnavam no personagem a luta pelo fim das políticas de austeridade”.

Para o eurodeputado centrista a nova atitude de Pierre Moscovici não passa de “chico-espertismo” e afirma ainda que o trabalho desenvolvido pelo PSD e pelo CDS, “só poderia justificar louvor. Nunca castigo”, devido a terem reduzido o défice de 11% do governo socialista para os tais 3,2% de 2015.

Descomplicador:

Nuno Melo disse hoje num artigo de opinião publicado no Jornal de Noticias que as sanções da União Europeia a Portugal são o “álibi” que o PS procura para justificar o falhanço da execução orçamental no final do ano.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *