Alemanha vai ter novo partido de extrema-direita

Ficaram conhecidos por incitarem o ódio contra a população alemã islâmica e também por terem uma posição radical contra a imigração. Agora, o movimento de extrema-direita PEGIDA anuncia que pretende transformar-se num partido, e a designação passa para Partido Popular para a Liberdade e Democracia Direta.

merkel-pegidaComo um dos pontos de partida, o movimento sublinha que não pretende tirar votos à Alternativa para a Alemanha (AFD), um outro partido de extrema-direita, e que vai apoiá-la nas próximas eleições legislativas, a decorrer em outubro de 2017. Nos últimos meses a AFD tem conseguido resultados em sondagens acima de 10% e mantém boas relações com o PEGIDA.

Quem o diz é Lutz Bachman, o líder do movimento que se vai transformar em partido, e acrescenta que não vai lutar para permanecer na liderança quando essa mudança se efetivar.

A origem e as polémicas

O PEGIDA, cujo acrónimo significa Patriotas Europeus contra a Islamização, foi criado no outono de 2014 e desde então tem estado numa das frentes da radicalização na Alemanha. O seu apoio limita-se principalmente no oriente do país, depois de não ter cumprido com sucesso o seu objetivo de expansão no resto do território.

Apesar de Bachman defender que há boas relações com a AFD, o PEGIDA tem sido um dos motivos para a divisão no partido Alternativa para a Alemanha: uma metade quer manter a aproximação, mas a outra quer uma dissociação do movimento.

Descomplicador

O movimento anti-islamita e anti-imigração PEGIDA anunciou que vai transformar-se num partido. É mais um que surge, numa altura em que o apoio eleitoral da extrema-direita cresce. Como exemplo surge a Alternativa para a Alemanha, que nas últimas sondagens conquistou mais de 10% dos eleitores.

zdkoexdm@anappthat.com'
Publicado por: Luís Fernandes

19 anos. Estudante de jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social em Lisboa. Desde cedo que soube o caminho que queria trilhar e que passava, sem qualquer dúvida, pela comunicação: o jornalismo – a vontade de informar, a forma de oferecer a quem lê, ouve ou vê, uma oportunidade para mudar e fazer mudar.

Atualmente é coordenador dos Noticiários da ESCS FM e colabora com a ESCS Magazine.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *