Santana e outros têm até Março de 2017 para se apresentarem

Santana Lopes e outros candidatos que se pretendam apresentar a eleições pelo PSD e que o PSD pretenda como candidatos têm até Março de 2017 para serem apresentados, segundo as indicações aprovadas no Conselho Nacional do partido, ao que avança o Diário de Noticias.

Conselho Nacional PSDAs indicações para as eleições autárquicas de 2017 foram hoje apresentadas e aprovadas em Conselho Nacional, depois de terem sido já aprovadas na Comissão Politica do partido. Os dados mais relevantes correspondem ao timming das candidaturas e ao perfil desejado pelos sociais-democratas.

Segundo o documento apresentado, ao que diz o DN, a Comissão Politica Nacional dá até Março de 2017 para aprovar novos candidatos autárquicos pelo PSD, o que dá assim tempo a Santana Lopes para tomar uma decisão sobre Lisboa e a outros candidatos que pretendam levar até ao fim a sua indecisão. Santana Lopes disse esta semana ao Expresso que para já não está disponível para se assumir como candidato, mas que “as eleições autárquicas serão em outubro de 2017 e até lá o mundo girará muitas vezes”.

Outro dos temas em destaque é o perfil do candidato desejado pelos sociais-democratas. O PSD pretende integrar mais jovens, mais mulheres e mais independentes, assumindo querer “ir além da Lei da Paridade” no que toca à integração de mulheres nas listas candidatas.

A par destas medidas, depois de nas legislativas, Pedro Passos Coelho ter afastado a hipótese de presidentes de câmara serem candidatos a deputados, desta vez, deputados podem ser candidatos a autarcas, respondendo assim a um desafio lançado por Aguiar-Branco que no congresso do PSD desafiou os críticos de Passos Coelho a candidatarem-se às autarquias.

O Partido Social Democrata assume que o objectivo é vencer e portanto conquistar o maior número de câmaras e de juntas de freguesia, garantindo assim a “reconquista” da Associação Nacional de Municipios Portugueses e também da Associação Nacional de Freguesias. O objectivo é ambicioso, numa fase em que a liderança de Passos Coelho será posta à prova. O PSD pretende também dar seguimento a todos os actuais presidentes de câmara que se possam recandidatar em 2017.

Descomplicador:

O PSD aprovou ontem em Conselho Nacional as indicações para as eleições autárquicas, dando aos novos candidatos o prazo de Março de 2017 para se apresentarem. A ideia é reconquistar novamente a maioria de autarquias no país, privilegiando a integração de jovens, mulheres e independentes. Os deputados podem candidatar-se às autarquias.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *