Má Despesa Pública sugere retirada do título “Dr” das placas assinadas por Miguel Relvas

O blogue Má Despesa Pública lançou no inicio do mês de Junho uma movimento que pretende ver o título “Dr.” retirado de todas as placas assinadas por Miguel Relvas, enquanto Secretário de Estado da Administração Local, cargo que desempenhou entre 2002 e 2004. Para já não parece existir grande receptividade dos autarcas, mas os promotores do blogue não desistem da intenção.

Miguel Relvas ouvido pela segunda vez na Comissão de Assuntos Constitucionais do ParlamentoSegundo sugerem os autores do blogue, a “higienização do espaço público” pode ser feito tapando apenas o titulo de “Dr.” das placas assinadas por Miguel Relvas, espalhadas um pouco por todo o país, especialmente nos anos em que desempenhou o papel de Secretário de Estado da Administração Local, com Durão Barroso, embora a polémica tenha rebentando enquanto desempenhava funções de Ministro dos Assuntos Parlamentares com Passos Coelho.

No lançamento do “movimento”, os autores do Má Despesa Pública apresentam um conjunto de fotos de placas de inauguração onde o nome de Miguel Relvas é antecedido do título de “Dr”. Agora que o tribunal considerou nula a licenciatura de Miguel Relvas, os promotores da iniciativa vão contactar o máximo de autarquias e instituições que viram instalações suas serem inauguradas por Relvas.

Ainda assim, a receptividade por parte dos autarcas parece não estar a ser para já a melhor. Contactada pelo jornal Público, Célia Marques, presidente da autarquia de Alvaiázere, eleita pelo PSD, diz que “a nossa placa foi feita com letras chumbadas. Não tenho forma de a rectificar a não ser enviando-a novamente para a fábrica – e isso, sim, seria má despesa pública. Só o faríamos se um tribunal o ordenasse”. Já o presidente da Junta de Freguesia das Antas, Viana da Cruz disse apenas “ter coisas mais importantes com que me preocupar”.

Entretanto, em Tomar, terra natal de Relvas, o problema parece estar resolvido à partida: em declarações do Panorama, a presidente de câmara Anabela Freitas informa que “no concelho de Tomar não existem placas oficiais com ‘Dr’ Miguel Relvas”.

Descomplicador:

O blogue Má Despesa Pública criou um movimento para “higienizar o espaço público” e que pretende apagar o título “Dr.” das placas assinadas por Miguel Relvas, que viu a sua licenciatura ser considerada nula pelo tribunal. Para já não existe grande receptividade por parte dos autarcas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *