Michelle Obama. O melhor apoio de Hillary ou uma declaração de intenções para 2024?

Michelle Obama foi a grande estrela do primeiro dia da Convenção Democrata que se realiza em Filadélfia e que vai “entronizar” Hillary Clinton como a candidata democrata e a adversária de Donald Trump nas eleições norte-americanas. O discurso de 15 minutos da Primeira-Dama entusiasmou as hostes.

Michelle ObamaO The Guardian escreve que “o melhor antídoto para um não-politico como Trump foi outra figura não-politica”, referindo-se a Michelle Obama. “Ela teve a capacidade e a coragem de regressar e quebrar tectos mais altos e mais difíceis, levando-nos a todos com ela”, disse Michelle acrescentando que a história de Hillary se confunde com a história dos Estados Unidos da América, motivo que a levou ao palco da Convenção Democrata.

A capacidade que Obama teve de quebrar barreiras e que agora Hillary tem ao poder ser eleita a primeira presidente mulher dos Estados Unidos foi também referido por Michelle que se mostrou orgulhosa por “acordar todos os dias numa casa construída por escravos e ver as minhas filhas, duas inteligentes e bonitas mulheres negras, a brincar com os cães no jardim da Casa Branca”.

E já com a voz a mostrar emoção, continuou Michelle Obama: “Por causa de Hillary Clinton, as minhas filhas, todos os nossos filhos e filhas, têm a certeza que uma mulher pode ser a próxima presidente dos Estados Unidos da América”.

Michelle Obama provou ser assim uma bela resposta a Donald Trump, ao dizer ainda que os americanos não podem deixar  “ninguém dizer que este país não é grande, ou que de alguma forma precisamos de o tornar grande novamente, porque actualmente este é o maior país do mundo”, numa referência ao slogan do candidato republicano.

Para a Primeira-Dama norte-americana, “Hillary não quebra sob pressão, nunca procura a saída mais fácil e nunca desiste de nada na vida”, concluindo que esta é “a presidente que quero para as minhas filhas e para todas as nossas crianças”.

Durante o discurso de Michelle Obama, Bill Clinton foi filmado a dizer um “wow” enquanto a mulher de Barack Obama discursava na Convenção dos democratas, considerando os críticos que Michelle superou as expectativas e comparando a sua intervenção com a que Bill Clinton teve há anos aquando da sua re-eleição como presidente norte-americano. Outros consideram que Michelle pode ter dado em Filadélfia o tiro de partida para uma candidatura presidencial dentro de oito anos.

Descomplicador:

Michelle Obama, Primeira-Dama norte-americana, entusiasmou a Convenção Democrata ao proferir um discurso em defesa de Hillary Clinton, onde abordou os avanços que Barack Obama fez na questão dos negros e das barreiras que Hillary vai quebrar no que toca às mulheres. Bill Clinton foi um dos maiores fãs da intervenção de Michelle.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *