Juncker não aceitaria cargo na Goldman Sachs

Jean Claude Juncker admitiu recentemente numa entrevista que não aceitaria o cargo que Durão Barroso vai assumir na Goldman Sachs. Apesar de salvaguardar que Durão Barroso cumpriu tudo o que tinha que cumprir, Juncker junta-se assim ao coro de críticas que têm “chovido” sobre Barroso.

Jean Claude JunckerEm entrevista ao Téle Matin, Juncker garantiu que Durão Barroso cumpriu todos os procedimentos para poder assumir o cargo na Goldman Sachs, mas acrescentou que se fosse ele não teria aceite o lugar. Recorde-se que Durão Barroso vai assumir o lugar de chairman da Goldman Sachs International.

Jean Claude Juncker hesitou em responder à questão, mas depois acabou por responder que Durão tinha cumprido todos os pressupostos para poder assumir o lugar. Jean Claude Juncker respondeu a questões sobre a Turquia, o Brexit e as eleições americanas.

Recorde-se que a par de Juncker, também outras figuras do panorama internacional como François Hollande foram muito críticos da decisão de Durão Barroso em aceitar o lugar de chairman na multinacional dedicada à alta finança.

Descomplicador:

Jean Claude Juncker criticou a decisão de Durão Barroso em aceitar o lugar de chairman na Goldman Sachs. Apesar de dizer que não faria o mesmo, Juncker garantiu que Durão Barroso cumpriu todos os procedimentos para poder assumir o lugar.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *