Assunção Cristas e Maria Luís ficaram a uma falta injustificada de perder o mandato

A líder do CDS, Assunção Cristas e a vice-presidente do PSD, Maria Luís Albuquerque foram duas das deputadas que ficaram a apenas uma falta injustificada de poderem perder o seu mandato enquanto deputadas na Assembleia da Republica.

Parlamento Assembleia da RepublicaDiz a legislação que os deputados “apenas podem dar quatro faltas injustificadas às reuniões do Plenário ou das comissões em que se é efectivo, sob pena de perder o mandato como deputado ou como membro da comissão”. Assunção Cristas, líder centrista, esteve perto de ser um destes casos ao dar três faltas injustificadas, embora não tenha justificado a sua deslocação ao Campeonato Europeu de Futebol, como fizeram outros deputados.

A presidente do CDS diz ao Diário de Noticias que “podia ter posto ali trabalho político numa delas, porque fui ver o jogo da seleção portuguesa com a Hungria, e estive lá com o Sr. Presidente da República. Talvez muitos o tivessem feito, mas eu entendi que não se justificava”, acrescentando ainda que “como toda a gente sabe fui eleita a 13, e as faltas ocorreram na semana seguinte. Os meus filhos estavam de férias, e fomos uma semana para fora, em família. Tinha-lhes prometido isso, depois das semanas intensas que antecederam o congresso”.

O DN refere ainda que nesta sessão legislativa meia-centena de deputados não deram qualquer falta, um número que duplica face aos dados anteriores, em que apenas 23 deputados nunca tinham faltado. Nos grupos parlamentares do PCP, Bloco de Esquerda, Os Verdes e do PAN, não se registou qualquer falta injustificada.

Descomplicador:

Assunção Cristas, do CDS e Maria Luis Albuquerque, do PSD são duas das deputadas que ficaram a apenas uma falta injustificada de poderem perder o mandato na Assembleia da República. Os grupos parlamentares do PCP, BE, PEV e PAN não registaram qualquer falta sem justificação.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *