PSOE abre janela à viabilização de governo do PP

O secretário para a economia do PSOE, o partido socialista espanhol, disse recente que “se as circunstâncias mudarem”, talvez o PSOE também mude a sua orientação de voto no dia em que Mariano Rajoy lute pela viabilização do seu executivo.

Pedro Sanchez PSOEEstas declarações ganham uma importância maior por ser a primeira vez que uma figura de proa do PSOE abre a porta à possibilidade de viabilização de um executivo do Partido Popular, nomeadamente pela via da abstenção.

Manuel de la Rocha disse que “hoje, a nossa posição é firme e clara. Se as circunstâncias mudarem, talvez possamos reexaminá-la, mas neste momento a nossa posição é ‘não’”, abrindo assim a porta a uma nova ronda negocial que permita a Rajoy ver o seu governo viabilizado.

Ainda assim, De la Rocha também avisou que se o Partido Popular “não obtiver um único apoio positivo, não pode esperar pelo PSOE”, dando a entender que só viabilizará o executivo caso Rajoy consiga o apoio de outros partidos. Neste caso é de esperar que o PP procure nova aproximação ao Ciudadanos, com quem estabeleceu mais pontes.

O secretário para a economia afastou ainda a hipótese do PSOE liderar um governo alternativo, afirmando que não há alternativas a um executivo liderado por Mariano Rajoy, ao contrário do que optou o partido na legislatura anterior, onde aceitou a nomeação do Rei Filipe VI e acabou por não conseguir formar governo.

Descomplicador:

O secretário para a economia do PSOE, Manuel de la Rocha abriu uma janela de oportunidade ao PP ao dizer que caso as circunstâncias mudem, os socialistas podem viabilizar o governo de Mariano Rajoy. Ainda assim, é condição essencial para o PSOE, que o PP encontre outros apoios.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *