Trump com dividas de 650 milhões de dólares

O The New York Times esteve a investigar as contas das empresas detidas pelo candidato republicano Donald Trump e concluiu que o polémico empresário acumula cerca de 573 milhões de euros de dívida (650 milhões de dólares), ou seja, o dobro do que foi declarado pela sua campanha.

Donald TrumpA dívida declarada é cerca de metade da dívida real, segundo avança o jornal norte-americano, e para além disso, a fortuna pessoal de Donald Trump está “presa” a um conjunto de credores, dos quais se destaca o Banco da China. O The New York Times contratou uma empresa para investigar a contabilidade das empresas de Donald Trump.

Para além da dívida superior a 573 milhões de euros, o The New York Times avança ainda que mais de dois mil milhões de euros estão “amarrados” a três grandes credores, o que pode prejudicar a médio-prazo a saúde financeira do empresário e agora candidato republicano.

Apesar de uma grande parte da campanha de Donald Trump tenha sido construída sob o seu sucesso empresarial e sobre a sua fortuna avaliada em 10 mil milhões de dólares, a verdade é que Trump não cedeu a qualquer pressão para divulgar a sua situação fiscal.

Donald Trump revelou apenas metade da sua dívida, mas para além da falta de transparência pode não incorrer em nenhum ilícito, visto que o candidato não é obrigado a divulgar toda a sua actividade empresarial, podendo assim não revelar todos os seus dados fiscais.

Descomplicador:

Donald Trump tem dívidas superiores a 573 milhões de euros, mais do dobro daquilo que a sua campanha revelou oficialmente. Uma investigação do The New York Times revela ainda que Trump tem a sua riqueza “amarrada” a três grandes credores.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *