Maioria dos socialistas preferem Rajoy a novas eleições

Uma sondagem publicada pelo jornal El Mundo revela que a maioria dos apoiantes do PSOE prefere ver o Partido Popular a governar, do que ter que ser chamado novamente às urnas. O líder dos socialistas, Pedro Sanchez seria ainda visto como o principal responsável por um terceiro acto eleitoral.

Mariano RajoyA sondagem da Sigma Dos para o El Mundo revela que 84,6% dos espanhóis mostram-se bastante descontentes com a situação politica em Espanha, sendo também o superior a percentagem de espanhóis que consideram que haverá novo acto eleitoral (45,9%) do que aqueles que consideram que Rajoy vai conseguir tomar posse (36%).

Os eleitores socialistas estão aliás em maioria quando questionados se preferem ter novas eleições ou deixar que Mariano Rajoy tome posse. 55% querem que o líder dos Populares assuma definitivamente os destinos do governo, para apenas 36,2% que desejam novas eleições.

Oito meses depois do primeiro acto eleitoral, que decorreu a 20 de Dezembro, Espanha continua sem um executivo em pleno de funções e nem o acto eleitoral de Junho clarificou a situação, apesar de ter reforçado a posição de Mariano Rajoy.

O líder do Partido Popular chegou já a acordo com o Ciudadanos, mas os votos dos deputados dos dois partidos não são suficientes para viabilizar o governo, tendo o PSOE de se abster no debate de investidura marcado para 31 de Agosto. Os socialistas mantêm-se até ao momento irredutíveis na intenção de chumbar mais uma vez o executivo de Rajoy.

Descomplicador:

A maioria dos eleitores do PSOE prefere ver Mariano Rajoy assumir os destinos do governo espanhol do que ir para um terceiro acto eleitoral num ano. Ainda assim, Rajoy está longe de garantir a viabilidade do seu executivo.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *