“Situação em Portugal é prioridade absoluta para a UE”

Desta vez este tipo de declarações não surgem no âmbito económico ou financeiro, mas sim sobre o flagelo dos incêndios. A Comissária Europeia para a Politica Regional disse recentemente que a situação portuguesa “é prioridade absoluta para a União Europeia”.

Comissão Europeia“A tragédia dos recentes incêndios florestais em Portugal revelou como é importante a solidariedade da União Europeia em tempos de crise”, disse Corina Cretu, admitindo que Portugal é neste momento a prioridade para as instâncias europeias no que toca ao combate deste problema.

Não só na vertente de combate aos incêndios, mas sobretudo na vertente da recuperação de terrenos e na reconstrução de infra-estruturas, Cretu disse que a Europa “está pronta a ajudar, uma vez mais, para que possamos começar a reconstruir, em conjunto”.

Portugal pode candidatar-se ao Fundo de Solidariedade da União Europeia, um mecanismo que permite “cobrir os custos dos serviços de emergência e das operações de limpeza, protegendo o património cultural e restabelecendo as infra-estruturas e os serviços”.

Tendo em conta que catástrofes naturais podem acontecer a qualquer altura, veja-se o recente sismo em Itália, Corina Cretu acrescentou ainda que “podemos preparar-nos e atenuar o seu impacto, reduzir os danos e, mais importante ainda, salvar vidas e proteger a saúde dos nossos cidadãos”.

Descomplicador:

A Comissária Europeia para a Politica Regional, Corina Cretu, mostrou total disponibilidade da União Europeia para ajudar na reconstrução das áreas afectadas pelos incêndios, afirmando que “Portugal é a prioridade absoluta para a União Europeia”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *