Trump visita México depois de meses de insultos

Donald Trump vai visitar o México a convite do presidente do país que Trump tanto tem criticado desde que avançou para as eleições norte-americanas. Enrique Peña Neto, presidente do México, convidou os dois candidatos norte-americanos e surpreendentemente Trump aceitou o repto.

DONALD-TRUMP“Aceitei o convite do Presidente mexicano e estou desejoso de me encontrar com ele”, disse Donald Trump na sua página do Twitter, confirmando assim uma noticia que não era esperada, tendo em conta as críticas que o candidato republicano tem enviado ao pais vizinho dos Estados Unidos da América.

Peña Neto diz estar “disposto a trabalhar com quem seja escolhido como presidente dos Estados Unidos da América”, acrescentando ainda quanto a Donald Trump que “gostaria eventualmente de dialogar com os dois candidatos. Porque creio que é importante. Ouvi diferentes argumentos, o que se disse nos discursos, e parece-me que há uma visão distorcida do que realmente significa a relação entre o México e os Estados Unidos”.

Em Junho, Donald Trump classificou os mexicanos como “criminosos” e “violadores”, dizendo ainda que os mexicanos enviam para os Estados Unidos “gente com muitos problemas: que trazem drogas, crime ou são violadores”.

A par disso, Donald Trump disse que quando fosse eleito presidente dos Estados Unidos iria construir um muro com três mil quilómetros a separar a fronteira americana da mexicana, enviando a factura para o México. No entanto esta visita ao México é mais um sinal de que Trump procura ficar mais moderado, depois da sua directora de campanha ter dito recentemente que afinal o candidato republicano quer uma politica de emigração que “respeite os americanos que estejam à procura de empregos bem remunerados”.

Descomplicador:

Donald Trump aceitou o convite do presidente do México para visitar o país que tanto tem criticado. Enrique Peña Neto diz que esta é a oportunidade para Trump conhecer o verdadeiro México, estando disposto a trabalhar com quem for eleito presidente dos Estados Unidos da América.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *