PS com passivo de 22 milhões pede a dirigentes que paguem as contas

O Partido Socialista está a passar por dificuldades financeiras internas, acumulando actualmente um passivo de 21,7 milhões de euros, segundo avança o Jornal de Noticias. Segundo o mesmo jornal, o PS tem pedido aos dirigentes distritais e concelhios para assegurarem algumas despesas de funcionamento.

Partido Socialista PSCoimbra, Setúbal e Porto são alguns dos distritos onde são já os dirigentes distritais e locais a assegurar o pagamento das despesas de funcionamento das sedes, como água e luz. Vários concelhos aguardam também há vários meses pelas verbas da sede nacional do partido.

Segundo adianta Manuel Pizarro, presidente distrital do Porto, estes pagamentos são registados como contribuições por ser uma “forma completamente transparente de regularizar situações que existem”. Já o presidente da distrital de Setúbal, não confirmou ao JN a existência desta prática, mas disse que não o choca que seja um dirigente local a assumir as despesas.

No ultimo relatório de contas entregue no Tribunal Constitucional, correspondente ao final do ano de 2015, o passivo do Partido Socialista era de 21,7 milhões de euros, mais 2,8 milhões do que em 2014, sendo o maior passivo dos partidos em Portugal. A TSF avança ainda que o Partido Socialista vai reagir em comunicado às informações trazidas a público pelo JN.

Descomplicador:

O PS está a pedir a alguns dirigentes distritais e locais para garantirem o pagamento das contas de funcionamento das sedes, como água e luz. O PS acumula um passivo de 21,7 milhões de euros.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *