Tino de Rans recolhe primeira assinatura para o TOP em Belém

Vitorino Silva, mais conhecido como Tino de Rans, vai lançar um partido depois do sucesso que foi a sua campanha presidencial onde arrecadou mais de 150 mil votos. O ex-presidente da Junta de Freguesia de Rans vai lançar o TOP – Todo o Português e escolheu o Palácio de Belém para recolher a primeira assinatura.

Tino de RansTino de Rans anunciou em Junho que pretendia formar um novo partido e fez uma viagem pelo distrito do Porto para numas “primárias” escolher o nome da nova estrutura. O primeiro nome que esteve para ser escolhido era PA – Povo Acordar ou Partido Ânimo, mas para evitar confusões com o PAN, Tino de Rans optou pelo TOP – Todo o Português.

“Todo o Português é o todo, são 360 graus, é um todo (…), é o defender tudo o que é português”, disse o ex-candidato presidencial que agora vai liderar um novo partido politico, depois de ter sido militante do Partido Socialista. Ainda assim, Tino de Rans garante que não é “um político de facções. O problema deste país é que foi governado ao pé-coxinho, ou pela direita ou pela esquerda, e não pode ser assim”.

Para recolher a primeira das 7500 assinaturas necessárias para formalizar o partido, Tino de Rans escolheu a Festa do Livro de Belém, elogiando ainda os primeiros meses de Marcelo Rebelo de Sousa na Presidência da República. “Na campanha dizia que quando fosse Presidente a primeira coisa que ia fazer era abrir o palácio ao povo e fico muito contente, porque o Marcelo não só me ouviu como está a levar a sério as minhas ideias”, disse Vitorino Silva.

Descomplicador:

O ex-candidato presidencial, Vitorino Silva, mais conhecido como Tino de Rans, vai criar um novo partido chamado TOP – Todo o Português e escolheu a Festa do Livro de Belém para recolher a primeira assinatura.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *