Hillary sugere que a Rússia está a trabalhar para a eleição de Trump

Hillary ClintonNa primeira conferência de imprensa em 275 dias, a candidata republicana Hillary Clinton mostrou-se preocupada com o envolvimento da administração de Vladimir Putin na eleição de Donald Trump como próximo presidente dos Estados Unidos da América. A candidata republicana pôs fim a um período de 275 dias sem convocar uma conferência de imprensa, depois de ter estado muito empenhada em angariar fundos para a sua campanha nacional.

 

“Estou muito preocupada com as informações credíveis sobre a interferência da Rússia nas nossas eleições” disse a candidata do Partido Democrata a bordo do avião que tem sido a “casa” da sua campanha e fazendo a antevisão para os 63 dias finais de campanha nacional. Hillary Clinton disse ainda que os serviços de inteligência dos Estados Unidos estão a começar a tratar estas informações de forma séria.

Hillary Clinton tem-se dedicado nas últimas semanas a eventos de angariação de fundos para agora enfrentar os meses finais de campanha. A candidata Democrata respondeu a perguntas de jornalistas durante 20 minutos, com o tema da Rússia a assumir o principal destaque. Hillary lamentou que pela primeira vez os russos estejam tão envolvidos com as eleições e disse apenas que acha estranho o facto de o terem feito com maior intensidade “assim que Trump foi confirmado como candidato”.

O caso das violações de emails no âmbito do Congresso Democrata foram a gota de água para Hillary Clinton, que carregou nas criticas às declarações de Donald Trump e sobretudo às suas boas relações com a administração de Trump, surgindo assim a suspeita de que a Rússia podia de alguma forma estar envolvida com a campanha do polémico candidato Republicano.

Descomplicador:

Hillary Clinton pôs fim ao silêncio e sugeriu em conferência de imprensa que a administração russa liderada por Vladimir Putin pode estar a colaborar com a campanha de Donald Trump, por forma a garantir a eleição do Republicano como presidente dos Estados Unidos da América.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *