Taxistas disponíveis para parar “o tempo que for necessário”

A ANTRAL pode estar a preparar outro braço de ferro com o governo caso a legislação que afecte o sector não vá ao encontro do pretendido pelos taxistas. Num encontro com deputados, o líder da ANTRAL, Florêncio Almeida alertou para o facto de o executivo estar a “criar um fato à medida, em vez de legislação para todos”.

Uber Taxis

Florêncio Almeida disse que o papel dos taxistas não pode ser só “transportar os velhinhos e os bêbados ao final da noite”, alertando para o facto de o governo de António Costa estar a criar uma lei “à medida e não para toda a gente”. No entanto, Carlos Ramos, da Federação Portuguesa de Táxis coloca-se ao lado de Florêncio Almeida ao dizer que o executivo está a “querer mudar as regras do jogo” ao defender empresas como a Uber ou a Cabify.

O presidente da ANTRAL avisou já que os taxistas estão preparados para “prolongar o tempo que for necessário” a greve do sector, até que o governo decida quais as alterações que pretende implementar.

A Comissão Parlamentar de Economia e Obras Públicas está a preparar legislação para o sector, onde prevê a entrada de empresas como a Uber e a Cabify no transporte de passageiros, algo que os taxistas pretendem evitar. Assim e por ir contra os interesses dos taxistas, o protesto poderá prolongar-se muito mais do que o mês de Setembro. Florêncio Almeida voltou a referir que “não estamos contra as plataformas, nós estamos é contra o modus operandi das plataformas”.

Descomplicador:

O presidente da ANTRAL, Florêncio Almeida, esteve hoje reunido com os deputados da Comissão de Economia e Obras Públicas para fazer chegar a insatisfação do sector relativamente à regulamentação da Uber e do Cabify, alertando que os taxistas podem prolongar a greve durante “o tempo que for necessário”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *