Assunção Cristas avança para a Câmara de Lisboa

A presidente do CDS, Assunção Cristas, vai mesmo ser candidata à Câmara Municipal de Lisboa. O anúncio foi feito esta noite na rentrée oficial do partido em…Oliveira do Bairro. O anúncio da líder do CDS apanhou o PSD desprevenido tal como admitiu o coordenador nacional autárquico dos sociais-democratas.

Assunção CristasAssunção Cristas tinha vindo a manter um longo tabu sobre este tema, que desbloqueou esta noite em Oliveira do Bairro, repetindo uma estratégia utilizada por Paulo Portas em 2001. Na altura Paulo Portas avançou com o lema “Eu fico”, apesar de depois da derrota não ter permanecido como vereador até ao final do mandato.

Quem foi apanhado desprevenido foi o PSD, que segundo o coordenador autárquico nacional, Carlos Carreiras, ficou “a saber da noticia pelo Diário de Noticias”, mantendo o discurso oficial de que o PSD tem o seu timming para definir os candidatos, uma ideia que Passos Coelho repetiu minutos mais tarde aos jornalistas.

Ao anunciar já a sua candidatura, Assunção Cristas pondera condicionar a agenda do PSD, um parceiro importante caso a líder do CDS pretenda ter uma candidatura com hipóteses de vencer. Tais hipóteses só existem se os sociais-democratas abdicarem de ter um candidato próprio, algo que para já parece muito difícil, em especial se Santana avançar.

Descomplicador:

Assunção Cristas escolheu a rentrée do CDS em Oliveira do Bairro para anunciar que será candidata à Câmara Municipal de Lisboa.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *