Bruce Springsteen, U2 e Bon Jovi criticam Donald Trump

Esta madrugada decorre o primeiro debate entre os candidatos à presidência dos Estados Unidos da América, mas nas ruas a campanha está já em velocidade cruzeiro. Vários artistas de renome mundial não quiseram deixar de dar a sua opinião sobre a eleição que pode mudar e mundo e nomes como Bruce Springsteen, os U2 ou Jon Bon Jovi, juntaram-se ao coro de críticas a Donald Trump.

Bruce Springsteen

Em entrevista recente à Rolling Stone, Bruce Springsteen disse que os “Estados Unidos estão sob o cerco de um idiota” e que o “fenómeno Trump é uma tragédia”. O músico norte-americano, explica que “o ponto de Trump é [dar] respostas simples para questões muito complexas, [dar] respostas falaciosas para questões complexas. E isto pode ser muito atraente”, acrescentando que “Hillary poderia ser uma presidente muito boa”. Springsteen tem sido sempre politicamente activo, tendo apoiado Barack Obama e criticado anteriormente George W. Bush.

Quanto ao papel dos músicos na politica, o autor de hits como “Born in the USA”, diz que não perdeu “a fé no que considero ser uma pequena quantidade de impacto que alguém da música rock pode ter” e que “é válido dar uma oportunidade [de posionar-se] quando é a única coisa que tens”.

O também norte-americano Jon Bon Jovi, aproveitou uma conferência de imprensa de promoção do seu álbum para abordar o tema das eleições presidenciais. “Vivemos tempos inacreditáveis na política norte-americana. E isso assusta-me”, dizendo aberta: “Rezo para que ele não seja o próximo presidente dos Estados Unidos da América”. Bon Jovi está expectante quanto ao debate, acreditando que “se ela tiver uma má semana de debates pode meter-se em apuros”.

Por fim, apesar de não ser norte-americano, Bono Vox e os U2 aproveitaram um concerto em Las Vegas para criticar a opção Donald Trump. Utilizando um vídeo onde Trump pergunta: “O que têm a perder?”, Bono vai perguntando ao público se está pronto para “apostar os vossos carros, as vossas casas” e gritando que “o sonho americano continua vivo”. O vídeo desse momento foi depois partilhado no canal oficial dos U2 no YouTube.

Descomplicador:

Nomes como Bruce Springsteen, Jon Bon Jovi e os U2 têm criticado Donald Trump nos últimos dias, apelando aos norte-americanos para que não escolham Trump como o próximo presidente dos Estados Unidos da América.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *