O “árbitro” do debate do ano é o primeiro afro-americano a moderar um debate presidencial desde 1992

Lester Holt vai ser esta noite (madrugada em Portugal) o moderador do primeiro debate presidencial entre Hillary Clinton e Donald Trump, que em Portugal será transmitido na SIC Noticias e na RTP3. Holter é o pivot da “NBC Nightly News” e um Republicano registado, embora tenha sido já alvo das críticas de Donald Trump e é também o primeiro moderador afro-americano desde 1992.

Lester Holt

Nos Estados Unidos da América, os moderadores dos debates eleitorais são também eles estrelas dos debates (ainda nas primárias Republicanas, Megyn Kelly foi alvo da fúria de Trump) e são escrutinados até ao mais ínfimo pormenor, sendo também alvo de criticas por parte dos candidatos e dos seus apoiantes, à semelhança dos árbitros de futebol quando são nomeados para uma partida em Portugal. Isto acontece porque, “nos Estados Unidos, os apresentadores e principais jornalistas políticos são grandes estrelas e a escolha de quem vai moderar um debate presidencial é sempre tema de alguma polémica. Por outro lado, sendo o espaço mediático nos EUA muito politizado (com a FOX a ser assumidamente de direita, a MSNBC assumidamente liberal, a CNN acusada de ser demasiado pró-sistema…), a escolha do moderador, a sua origem e filiação, pode sempre ter algum tipo de leitura política“, explica Germano Almeida, autor das “Histórias da Casa Branca” na TVI24.

Lester Holt, actualmente com 57 anos, é um Republicano registado em Nova Iorque, mas o Washington Post diz que “mesmo assim Trump tentará atacar Holter”. Ao Panorama, Germano Almeida, explica que “em Portugal seria motivo, certamente, para grande controvérsia, mas nos EUA será relativamente normal. Para se votar nos EUA, há que declarar a preferência partidária (mesmo que ela seja “independente”). Holton não é, certamente, um apoiante declarado de Trump (como é, por exemplo, Sean Hannity da Fox News, que até participou num anúncio da campanha Trump), pelo que a independência dele para dirigir o debate não será posta em causa“, garante.

Ainda assim Germano Almeida considera que “sendo a NBC geralmente conotada com uma inclinação mais liberal do que conservadora, a escolha de um republicano moderado que trabalha para uma TV de tendência democrata não deixa de ter as suas virtudes para um debate entre os nomeados dos dois grandes partidos“.

Trump Hillary

Nas cinco curiosidades que o Washington Post escreveu sobre Lester Holt, uma delas era a de que o moderador não é um utilizador frequente do Twitter, uma rede social que tem sido protagonista destas eleições e que Donald Trump usa com particular afinco para transmitir alguns soundbytes e para reagir rapidamente a questões que lhe são colocadas durante a campanha.

Lester Holt será também o primeiro moderador afro-americano a moderar um debate presidencial desde 1992, quando Caroline Simpson moderou o debate entre Bill Clinton e George H. Bush. Em 2000, 2004 e 2008, os debates entre os vice-presidentes foram moderados por jornalistas negros, mas tal não acontece com os principais protagonistas desde há 24 anos. Ainda assim, segundo explica o especialista em politica norte-americana, “seria (…) surpreendente se o facto do moderador ser negro vier a ser referido no debate, até porque Lester não assume, publicamente, a sua raça como um dado relevante na sua carreira profissional. É de esperar um moderador com um registo low profile. Seria uma surpresa, para mim, se assim não acontecesse“.

No entanto, este não deixa de ser um dado “particularmente relevante, se atendermos ao facto de que o candidato Donald Trump teve tiradas especialmente infelizes em relação às minorias“, apesar de “nas últimas semanas, Trump tem tentado aproximar-se das comunidades negras, fazendo inclusivamente ações de campanha em igrejas frequentadas por negros“, podendo esta vir a ser “uma excelente oportunidade para o nomeado republicano mostrar, perante milhões de pessoas, que pretende mudar a imagem inicial de distanciamento dessas comunidades“.

O debate tem inicio marco para as 2h em Portugal.

Descomplicador:

Hillary Clinton e Donald Trump debatem esta madrugada (hora portuguesa) pela primeira vez na corrida à Casa Branca. O frente-a-frente será moderado por Lester Holt, da NBC, um republicano “low-profile” que é também o primeiro moderador afro-americano de um debate entre candidatos a presidente dos Estados Unidos, desde 1992.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *