Demorou mas Juncker já reagiu à eleição de Guterres

Não houve conferência de imprensa de última hora nem nenhum comunicado enviado à imprensa poucos minutos depois de serem conhecidos os resultados da última votação informal do Conselho de Segurança da ONU. O presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker, reagiu apenas hoje à pré-eleição de António Guterres. Ainda assim, e em jeito de desculpa, Juncker assinou com um coração no fim.

Jean Claude Juncker

A carta difundida à imprensa, escrita em português, tem algumas partes escritas pela mão de Juncker. Logo na abertura, “Caro António, mon cher ami”, foi a forma como o líder da Comissão Europeia se dirigiu a Guterres, para terminar com “all the best ♥”.

Quanto ao conteúdo propriamente dito, Juncker transmitiu “as mais calorosas felicitações por esta nomeação”, salientando o “processo de seleção de uma transparência sem precedentes”. Para Juncker as principais capacidades de Guterres serão postas ao serviço da “manutenção da paz e da segurança a nível internacional, as migrações, as alterações climáticas, assim como a promoção e defesa dos direitos humanos”.

O líder da Comissão Europeia diz ainda esperar encontrar Guterres num futuro próximo e que possam “colaborar estreitamente na resolução dos graves problemas que o mundo se confronta actualmente”.

António Guterres será esta tarde escolhido como o novo Secretário-Geral das Nações Unidas, na Assembleia-Geral da organização e tem já agendada para as 17h uma declaração que será feita a partir do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Descomplicador:

Jean Claude Juncker reagiu, apenas hoje, à indicação de António Guterres como futuro Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas, esperando que num futuro próximo possam começar a trabalhar nas grandes questões com que o mundo se depara actualmente.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *