Marcelo vai a Cuba e encontra-se com Fidel Castro

fidelMarcelo Rebelo de Sousa vai estar em visita oficial a Cuba a partir da próxima terça-feira. O Presidente da República solicitou um encontro com Fidel Castro. O convite foi aceite e a reunião com o histórico líder cubano deve acontecer na próxima quarta-feira.

Fidel Castro deixou o cargo de presidente de Cuba em 2008, depois de a luta que trava contra uma forte doença e que dura desde 2006 ter tornado impossível o desempenho das funções de chefe de estado. Raúl Castro, irmão de Fidel, assumiu a presidência e desde então tem estado à frente do país.

Fidel Castro continua ligado à política e ao partido comunista cubano, apesar da doença e da avançada idade – 90 anos completados em agosto. Prova da sua ligação às lides políticas foi a sua última presença em público em abril deste ano, no congresso do partido comunista cubano. No evento, Fidel Castro discursou perante uma plateia de mais de mil militantes e reconheceu que aquela seria a última vez que participaria num congresso do partido, emocionando os presentes.

As aparições de Fidel Castro têm sido escassas nos últimos anos e as reuniões com outros líderes internacionais têm acontecido na casa privada do histórico líder cubano, com acesso vedado à comunicação social. O único registo que sobressai desse encontros é uma fotografia tirada pelo filho de Fidel Castro.

Assim, estima-se que Marcelo Rebelo de Sousa seja recebido por Fidel Castro em casa do líder da revolução cubana num encontro privado. Nem mesmo os elementos da comitiva da presidência da república devem estar presentes na reunião.

O Presidente da República inicia esta terça-feira uma viagem a Cuba, numa visita oficial que vai durar  dois dias. Hoje, a Assembleia da República aprovou por unanimidade um voto que pede aos EUA o fim do bloqueio a Cuba.

Descomplicador:

Marcelo Rebelo de Sousa vai iniciar na próxima terça-feira uma visita oficial de dois dias a Cuba. O Presidente da República pediu um encontro a Fidel Castro e o líder histórico cubano aceitou. A reunião acontece à porta fechada na quarta-feira.

Publicado por: José Pedro Mozos

23 anos, natural de Lisboa. Aos dezasseis anos percebeu que a sua vocação era o jornalismo. Licenciado em jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós graduado em Jornalismo Multiplataforma pela FCSH – Universidade Nova de Lisboa. Entre março de 2016 e junho de 2017 passou pela SIC Notícias. Faz parte da editoria de política da Revista VISÃO desde julho de 2017. Acredita no jornalismo como sendo um dos pilares de qualquer democracia. Atualmente, faz parte do Conselho Editorial do Panorama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *