Cavaco Silva “juntou” Passos Coelho e Rui Rio em almoço

Pode parecer estranho, mas indirectamente aconteceu. Castro Almeida reuniu num almoço na Assembleia da República os deputados que se tomaram posse pela primeira vez após as legislativas de 1991. Pedro Passos Coelho e Rui Rio eram dois desses nomes e estiveram juntos neste almoço “sem motivações politico-partidárias”.

Passos Coelho Rio Rio PSD Parlamento Assembleia da República

Três dezenas de sociais-democratas reuniram-se no Parlamento à volta desta efeméride, os trinta anos das eleições legislativas de 1991, que culminou na vitória do PSD de Aníbal Cavaco Silva com mais de 50% dos votos, o maior resultado de sempre do partido em legislativas. “Faz 25 anos precisamente, 4 de novembro de 91 que eu e mais algumas dezenas de jovens deputados do PSD tomámos posse pela primeira vez como deputados na Assembleia da República”, disse o ex-deputado Castro Almeida, para explicar a promoção do almoço.

Dois dos mais proeminentes convidados foram Pedro Passos Coelho, presidente do PSD e eleito pela primeira vez deputado em 1991 e Rui Rio, que mais tarde se tornou presidente da Câmara Municipal do Porto. Ainda assim, Castro Almeida recusou qualquer leitura deste almoço que não a de assinalar a efeméride.

“A minha motivação foi exclusivamente proporcionar um encontro de pessoas que se estimam, são amigas, que têm memórias comuns, que têm valores comuns. Temos uma boa recordação do que se passou há 25 anos e vamos comemorar. Não tem nenhuma motivação político-partidária”, disse o ex-deputado, que esteve no Parlamento entre 1991 e 2002.

Quanto à ausência de Cavaco Silva, Castro Almeida disse que os convidados eram apenas deputados que tivessem cumprido o mandato. Cavaco Silva apesar de ter sido eleito deputado oficialmente acabou por não cumprir mandato enquanto tal por ter sido indigitado Primeiro-Ministro.

Neste convívio estiveram presentes, para além do mentor da iniciativa, do presidente do PSD e de Rui Rio, nomes como Nunes Liberato, ex-chefe da Casa Civil de Cavaco Silva, o ex-Ministro das Finanças, Braga de Macedo, o deputado Duarte Pacheco e o presidente da Câmara de Aveiro, Ribau Esteves.

Descomplicador:

Castro Almeida, ex-deputado do PSD, promoveu um almoço com os deputados que foram eleitos pela primeira vez em 1991. Entre os nomes que cumpriram estes requisitos estavam Pedro Passos Coelho e Rui Rio, vistos como potenciais rivais dentro do PSD.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *