“Como se fabrica uma mentira”. A resposta do PNR aos incidentes da manifestação

PNRO Partido Nacional Renovador convocou ontem, Domingo, uma manifestação anti-emigração para o Martim Moniz em Lisboa, onde ao mesmo tempo decorria uma manifestação pró-emigrantes. Apesar do reforço policial, um dos vice-presidentes do partido foi detido e o LIVRE acusa membros do PNR de terem invadido uma sessão sobre as eleições americanas. O Panorama pediu o contraditório ao PNR, mas o partido apenas respondeu à questão sobre a invasão à sede do LIVRE.

 

“O Livre anunciou uma sessão-debate, de entrada livre, intitulada “Como combater o Trumpismo?”. Dado o interesse específico pelo tema e tendo o PNR uma posição de verdadeiro debate, já que, ao contrário, apoiamos o “Trumpismo”, quisemos assistir à sessão e debater”. É desta forma que o partido liderado por José Pinto Coelho responde à acusação de invasão da sede do LIVRE, para logo virar as atenções para a comunicação social que diz estar “a soldo do sistema”.

O PNR justifica que “Batemos à porta e disseram-nos que a sala estava cheia, pelo que não poderíamos entrar”, acrescentando, entre outros, que “estava uma bandeira do Livre do lado de fora da porta e lá permaneceu intacta” e negando ainda qualquer intervenção policial no local. De referir que à SIC Noticias, Rui Tavares sublinhou “bateram na porta e não bateram à porta”, devido à intensidade das pancadas. A estrutura diz critica assim não só o LIVRE ou o ex-eurodeputado Rui Tavares, mas também a “falta de isenção vergonhosa da comunicação que pratica a mais hipócrita censura”.

Descomplicador:

O PNR responde à acusação de que invadiu a sede do LIVRE, justificando que “o Livre anunciou uma sessão-debate, de entrada livre, intitulada “Como combater o Trumpismo?”. Dado o interesse específico pelo tema e tendo o PNR uma posição de verdadeiro debate, já que, ao contrário, apoiamos o “Trumpismo”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *