Presidente da Comissão de Negócios Estrangeiros deixa plenário na votação de pesar a Fidel

“Não me vou prostrar em homenagem a um ditador”, disse Sérgio Sousa Pinto, deputado do Partido Socialista e presidente da Comissão de Negócios Estrangeiros da Assembleia da República, para justificar a saída do plenário quando foi votado o voto de pesar a Fidel Castro. Foram aprovados dois documentos, um proposto pelo PS e outro pelo PCP.

Sérgio Sousa Pinto

Ao jornal Expresso, Sérgio Sousa Pinto explica que deve ao “25 de Abril ter crescido em liberdade e democracia. Não me vou prostrar em homenagem a um ditador que negou ao seu povo o que eu prezo acima de tudo”, tendo abandonado a sala no momento da votação.

O documento do Partido Socialista diz que o legado de Fidel Castro “será certamente objecto de extensa análise historiográfica nas décadas vindouras e, tal como hoje já sucede, de intenso e apaixonado debate entre os que aderem ou se opõem ao seu percurso ideológico e político”, acrescentando que o líder da Revolução Cubana foi “uma figura de importância central na leitura do século XX”.

O voto de pesar foi aprovado pela maioria dos deputados socialistas, pelo PCP e pelo Bloco de Esquerda, tendo contado com a abstenção do PAN e do PSD e com o voto contra do CDS, embora alguns deputados tenham também optado pela abstenção.

Vários deputados apresentaram declarações de voto sobre estes votos de pesar do PS e do PCP.

Descomplicador:

O PS e o PCP aprovaram um voto de pesar pela morte de Fidel Castro. O PSD absteve-se e a maioria dos deputados do CDS votaram contra. O líder da Comissão de Negócios Estrangeiros e deputado socialista, Sérgio Sousa Pinto, deixou a sala no momento da votação.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *