Santana Lopes fora da corrida a Lisboa em 2017

O ex-Primeiro-Ministro e presidente da Câmara de Lisboa, Pedro Santana Lopes, informou já os órgãos do PSD que não será candidato à capital nas eleições autárquicas de 2017. Está assim desfeito um dos grandes tabus destas eleições e está criado um grande problema para os sociais-democratas resolverem em quatro meses.

Pedro Santana Lopes

Segundo tinha dito o coordenador autárquico do PSD, Carlos Carreiras, os candidatos autárquicos têm que ser apresentados até ao final do primeiro trimestre de 2017. Agora que Santana Lopes disse em entrevista ao Expresso estar fora da corrida, os sociais-democratas têm quatro meses para encontrar um candidato que possa derrotar Fernando Medina.

O Expresso avançou ontem que Santana Lopes estaria fora da corrida, adiantando mais detalhes na entrevista que será publicada amanhã. O actual provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa pretende dar cumprimento ao seu mandato até 2019 e informou já a concelhia e a distrital do PSD de Lisboa, bem como o coordenador autárquico dos sociais-democratas.

Num excerto da entrevista que o Expresso revelou, Santana Lopes admite que foi uma “decisão muito difícil”, até porque considera ser o candidato melhor posicionado para derrotar Fernando Medina. Mauro Xavier, presidente do PSD Lisboa disse já no seu Facebook que: “Fico com pena por Pedro Santana Lopes não ter aceite o nosso desafio”.

Entretanto, segundo avança o Diário de Noticias, Pedro Passos Coelho terá dito internamente que já é tarde para apoiar a candidatura de Assunção Cristas à autarquia lisboeta. Para já, visto que a intenção de Carlos Carreiras é a mesma, essa hipótese parece continuar fora das ideias dos responsáveis do Partido Social Democrata.

Descomplicador:

Pedro Santana Lopes disse em entrevista ao Expresso que não será candidato à Câmara Municipal de Lisboa nas autárquicas de 2017. Segundo o Diário de Noticias, Passos Coelho considera que já é tarde para o PSD apoiar a candidatura de Assunção Cristas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *