Luso-descendente vai ser director-geral da Fundação Obama

O luso-descendente David Simas vai ser o director-geral da Fundação Obama, anunciou recentemente a fundação. Até à tomada de posse de Donald Trump, Simas é director politico da Casa Branca.

“No próximo ano, a Fundação Obama vai continuar o seu importante trabalho de criar um Centro Presidencial para inspirar cidadãos e comunidades a assumirem grandes desafios”, anunciou David Simas em comunicado, adiantando sentir-se “honrado por servir o Presidente e a primeira-dama e entusiasmado por ser parte do trabalho que será feito para alcançar esta missão”.

David Simas vai assim trabalhar com Marty Nesbitt, presidente da fundação e com Robbin Cohen, director-executivo. A fundação terá sede em Chicago e tem como principal objectivo a construção do Centro Presidencial.

David Simas tem pai açoriano e mãe alentejana. Licenciado em Ciência Politica e Direito. Foi chefe de gabinete do governador de Massachusetts, tendo sido depois convidado para a Casa Branca ainda no primeiro mandato de Obama. Em 2012 foi director de sondagens dos democratas e mais tarde tornou-se director politico da Casa Branca.

Descomplicador:

O luso-descendente David Simas será o director-geral da Fundação Obama, quando Donald Trump assumir a Casa Branca. O director politico da Casa Branca continuará a ter assim um papel fulcral junto de Barack Obama.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *