Armando Vara diz que Campos e Cunha mentiu na Assembleia da República

O ex-administrador da Caixa Geral Depósitos Armando Vara, acusou Luis Campos e Cunha, ex-Ministro das Finanças de José Sócrates, de ter mentido na Assembleia da República, na Comissão Parlamentar de Inquérito à situação da CGD.

Armando Vara garantiu em declarações ao jornal i que Campos e Cunha queria fazer alterações na administração do banco público e que foi por isso que chegaram a almoçar no Centro Cultural de Belém. Estas declarações surgem depois de Campos e Cunha ter dito que durante os quatro meses em que foi ministro, foi pressionado para alterar a administração da Caixa, colocando Armando Vara e Carlos Santos Ferreira na equipa de gestão.

O ex-administrador e ministro do PS, conta ao jornal i que foi convidado para um almoço com Campos e Cunha para abordar as alterações na gestão do banco do Estado e que o governante estava “nervosíssimo” por acreditar que existia uma campanha contra si nos meios de comunicação social. Segundo Armando Vara um dos problemas de Campos e Cunha era a entrada em vigor de uma nova lei que impedia que as pensões se acumulassem com salários.

Segundo Armando Vara, Campos e Cunha terá dito que este era um almoço de amigos e que para não haver registos terá até rasgado a factura em frente ao próprio Armando Vara, embora este detalhe não seja já confirmado pelo ex-administrador.

Certo é que depois da saída de Campos e Cunha, Armando Vara e Carlos Santos Ferreira integraram a equipa de gestão da Caixa Geral Depósitos, apesar de Teixeira dos Santos garantir que estes nomes não foram impostos por José Sócrates.

Descomplicador:

Armando Vara, ex-administrador da Caixa Geral Depósitos, desmentiu em declarações ao jornal i a versão de Luis Campos e Cunha no que toca às pressões de José Sócrates para as alterações no banco do Estado.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *