Surpresa nas primárias francesas: Benoît Hamon vence 1ª volta da esquerda

Benoît Hamon venceu a primeira volta das eleições primárias da esquerda francesa. Com cerca de 36, 4% dos votos, o antigo ministro da educação conquistou mais votos que o suposto favorito, o ex-primeiro-ministro francês Manuel Valls, que obteve cerca de 31,1% dos votos. São estes os dois nomes que vão disputar a segunda volta já no próximo domingo. Hamon ou Valls, um deles será o candidato socialista às presidenciais francesas.

Logo após os primeiros resultados terem sido apurados, Benoît Hamon contou com um apoio de peso. O terceiro classificado e ex-ministro da Renovação Industrial, Arnaud Montebourg, que conseguiu cerca de 17,5% dos votos, assumiu a derrota e anunciou que vai votar em Hamon no próximo domingo e convidou os seus apoiantes a fazer o mesmo.

Minutos depois foi a vez de Benoît Hamon celebrar a vitória: “Deram-me uma mensagem clara de esperança e de renovação. Expressaram o desejo de abrir uma nova página para a esquerda”. O candidato de 49 anos agradeceu ainda o apoio de Montebourg.

Benoît Hamon parece bem colocado para ser o candidato socialista à presidência. O ex-ministro conta com um programa eleitoral mais à esquerda do que os outros candidatos. Inspirado por figuras internacionais como Bernie Sanders ou Jeremy Corbyn, Hamon quer combater a vantagem de Le Pen e Fillon nas sondagens. Uma das medidas mais populares do candidato é a a criação de um rendimento universal em França no valor de 750 € para todas as pessoas com mais de 18 anos.

As eleições presidenciais francesas realizam-se em abril e maio deste ano (primeira e segunda voltas, respetivamente). Marine Le Pen tem liderado as sondagens, seguida por François Fillon, o candidato que venceu as primárias da direita francesa. Quer Benoît Hamon quer Manuel Valls surgem muito atrás nas sondagens – não passam do quinto lugar – e  tarefa de chegar a uma segunda volta parece difícil de alcançar.

Descomplicador:

Benoît Hamon venceu a primeira volta das primárias da esquerda francesa com 36,4% dos votos. Manuel Valls ficou em segundo com 31,1% e ambos vão disputar a segunda volta já no próximo domingo. Seja qual for o vencedor, as sondagens indicam que será difícil contrariar a vantagem de mais de 10 pontos percentuais de Marine Le Pen e François Fillon.

 

Publicado por: José Pedro Mozos

23 anos, natural de Lisboa. Aos dezasseis anos percebeu que a sua vocação era o jornalismo. Licenciado em jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós graduado em Jornalismo Multiplataforma pela FCSH – Universidade Nova de Lisboa. Entre março de 2016 e junho de 2017 passou pela SIC Notícias. Faz parte da editoria de política da Revista VISÃO desde julho de 2017. Acredita no jornalismo como sendo um dos pilares de qualquer democracia. Atualmente, faz parte do Conselho Editorial do Panorama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *