Republicanos do Wyoming querem multar…energia eólica

Um grupo de senadores e congressistas republicanos do estado do Wyoming apresentou uma proposta de lei para multar as empresas que forneçam electricidade a partir de energia eólica ou solar. A ideia que vai contra a tendência mundial e justificada pelo facto de esta electricidade ser mais barata e prejudicar assim a economia da região, no entender deste grupo de legisladores.

O estado do Wyoming é um dos estados norte-americanos com maior potencial para aproveitar a energia eólica e solar, no entanto, as indústrias do carvão, do gás natural e do petróleo, são também as mais fortes da região. Vários repúblicanos criticam então a forte aplicação de subsídios junto dos produtores de energias renováveis, prejudicando assim a economia dos hidrocarbonetos.

“Quero a electricidade na minha casa produzida com carvão, porque é a maneira mais barata de a fazer”, diz o republicano David Miller, sobre esta proposta, citado pela Agência Lusa. Já o presidente do senado, Eli Bebout, mostra-se contra a iniciativa legislativa, mas critica também a iniciativa de outros estados em subsidiar energias renováveis, tornando mais cara a utilização de outro tipo de energias.

O Wyoming é o estado norte-americano que mais produz carvão e é também um dos 13 estados dos Estados Unidos da América que não tem qualquer plano para o desenvolvimento da energia renovável, podendo esta iniciativa legislativa afastar ainda mais o Wyoming do rumo do país.

Descomplicador:

Um grupo de republicanos do Wyoming vai apresentar uma proposta legislativa para multar a utilização de energia eólica e solar. Segundo os senadores e congressistas, este tipo de energias estão a ser subsidiadas por outros estados, tornando a utilização das outras energias mais caras.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *